Divulgação
Raça Negra se apresenta em BH na véspera do feriado

Mesmo nos tempos em que esteve sumido da mídia, o Raça Negra nunca deixou de se apresentar em Belo Horizonte. Durante anos, realizou seus shows em casas noturnas populares. Agora, com o sucesso restabelecido e boas vendas do DVD “Raça Negra e Amigos” (2012), o grupo retorna à cidade para subir a um palco nobre da zona sul: o Chevrolet Hall. A apresentação de sábado ganha ainda transmissão ao vivo pelo Multishow.

O show terá um clima diferente, de quem sobe ao palco com a sensação de que ganhou uma segunda oportunidade. O ônibus onde estavam os 22 integrantes do Raça Negra sofreu um grave acidente na madrugada da última segunda-feira, na BR-101, em Pernambuco. Quatro integrantes do grupo foram socorridos em estado grave, mas nenhum corre o risco de morrer.

Novo projeto

Problemas à parte, o show deve ser embalado por hits que dominaram as rádios nos anos 90, como “Cheia de Manias” e “Cigana”. Será um dos últimos shows a ter o repertório baseado em “Raça Negra e Amigos”, já que o grupo se prepara para um novo registro audiovisual, que deve ser gravado em algumas semanas, no Rio de Janeiro. De acordo com Luiz Carlos, serão lembradas músicas antigas que não entraram no DVD anterior.

“Recebemos muitas ligações e e-mails falando de músicas que não entraram no DVD. Olhando nossa discografia, vimos que realmente muita coisa ficou para trás”, conta Luiz Carlos, adiantando que três músicas inéditas devem ser inseridas no novo trabalho. Assim como em “Raça Negra e Amigos”, haverá convidados, que ainda são mantidos em segredo. “Quero que tenha um mineiro em nossa apresentação. Se eu puder, será o Samuel Rosa”.

O Raça Negra nunca acabou e viaja por todo o país há três décadas, segundo Luiz Carlos. A banda não parou nem mesmo quando o artista gravou dois discos solo. “Essa afastada da mídia foi proposital. A gente estava muito exposto, aparecendo na televisão toda semana sem mostrar nada novo e isso é muito perigoso. Quem aparece o tempo todo tem a imagem desgastada”, diz. 

Raça Negra no Chevrolet Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230), amanhã, às 22h. De R$ 30 a R$ 400