BEN STANSALL/AFP
Arthur Zanetti
Zanetti já começa sua preparação para o início do ciclo olímpico

A temporada de Arthur Zanetti, que lhe rendeu a inédita medalha de ouro olímpica, ainda está longe de acabar. O ginasta planeja disputar mais quatro competições até o final deste ano, antes de poder tirar um período de férias. Enquanto não embarca para competir na Europa, ele vem treinando com a seleção brasileira masculina de ginástica artística no Rio, já no começo do ciclo de preparação para a Olimpíada de 2016.

No dia 4 de novembro, Zanetti disputará a Swiss Cup, competição em duplas, com dez países convidados, que acontece em Zurique, na Suíça. E, como campeão olímpico da prova de argolas nos Jogos de Londres, o brasileiro recebeu um convite para participar. "É maravilhoso, bom demais, dá moral para a ginástica brasileira. É só para convidados. É a primeira vez que vou participar, mas é uma competição mais descontraída, com bastante público. É mais um show do que uma disputa", contou.

Um pouco antes, no dia 31 de outubro, Zanetti disputará o Torneio Arthur Gander Memorial Cup, também na Suíça, como uma forma de preparação. E, já depois da Swiss Cup, ele irá competir na etapa de Ostrava da Copa do Mundo de Ginástica Artística, em 23 e 24 de novembro, na República Checa. Aí, terá a chance de assegurar a liderança do ranking mundial da prova de argolas - ocupa atualmente a primeira posição. Para fechar o ano, ainda tem uma competição em dezembro, em Stuttgart, na Alemanha.

Assim como a Swiss Cup, a competição de dezembro em Stuttgart também será apenas para convidados. "Esses convites são bons para a ginástica do Brasil", afirmou o ginasta de 22 anos, feliz pelo reconhecimento alcançado depois do inédito ouro olímpico em Londres.