Fernandinho já disputou cinco jogos como titular da seleção brasileira - foi entre 2011 e 2012, quando o técnico ainda era Mano Menezes -, mas revelou que está encarando essa nova convocação "como se fosse a primeira vez". Ele foi uma das novidades de Luiz Felipe Scolari na lista para o amistoso de quarta-feira, contra a África do Sul, em Johannesburgo, que será o último teste antes da definição do grupo que disputará a Copa do Mundo.

Vivendo grande fase no Manchester City, que pagou cerca de 40 milhões de euros para tirá-lo do Shakhtar Donetsk no ano passado, Fernandinho quer aproveitar essa única chance com Felipão para conseguir um lugar na lista de convocados para a Copa, a ser anunciada em maio. E chega à seleção embalado, depois de ter conquistado o título da Copa da Liga Inglesa neste domingo, ao ajudar seu time a vencer o Sunderland em Wembley - agora, ele se junta ao grupo do Brasil nesta segunda-feira em Johannesburgo.

"Estou tratando como se fosse a primeira vez, pela motivação que tenho no momento, pela ambição em jogar bem. Quero deixar uma dúvida na cabeça do treinador para quando ele for fazer a lista final para a Copa do Mundo", avisou Fernandinho, em entrevista ao site da Fifa, publicada neste domingo. "Mesmo ficando fora durante todo esse tempo, procurei manter a concentração e a esperança de que voltaria para a seleção um dia. Acho que foi isso que me fez manter o sonho de jogar a Copa, de seguir com essa vontade. Pensava a todo o momento em voltar, e sabia que tinha capacidade e qualidade para isso, mesmo tendo passado tanto tempo longe."

Com 28 anos, Fernandinho já tem no currículo um título mundial pelo Brasil, com a seleção Sub-20 em 2003. Além disso, participou do começo do trabalho, ainda com Mano Menezes, desse grupo que hoje é utilizado por Felipão - são vários nomes que estão juntos desde 2010, como Thiago Silva, Daniel Alves, Paulinho e Neymar, entre outros. "Acho que vai ser um reencontro legal e, no geral, sem muita surpresas para mim, principalmente na questão de convívio, porque já conheço praticamente todos os jogadores", revelou o volante.