André Brant/Hoje em Dia
Cerca de 20 pessoas, entre elas crianças, foram socorridas após ficarem ilhadas no bairro Goiânia
Cerca de 20 pessoas, entre elas crianças, foram socorridas após ficarem ilhadas no bairro Goiânia

Os moradores de Belo Horizonte enfrentaram dificuldades neste domingo (20) devido à chuva. Além de vários pontos de alagamento e inundações, falta de energia e queda de árvores, houve registro de prejuízos materiais em áreas comerciais e residências da capital. Vinte pessoas ficaram ilhadas em suas casas no bairro Goiânia, na região Nordeste da capital. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os moradores de uma residência na rua Josefino Gonçalves da Silva pediram por socorro devido aos problemas causados pelo temporal. Os bombeiros não souberam informar se há feridos.

Já na rua São Judas Tadeu, no bairro Ribeiro de Abreu, na região Nordeste, os bombeiros receberam um chamado informando que moradores de uma casa estavam ilhados. Porém, no local, os militares não encontraram pessoas feridas ou ilhadas.

Até mesmo o Corpo de Bombeiros registrou problemas. Na área do 1º Batalhão, um pico de luz impediu que os bombeiros checassem ocorrências no sistema. Por volta das 21h30 o sistema ainda não havia voltado e, segundo um dos bombeiros que trabalha no batalhão, a previsão era de que o sistema só fosse normalizado nesta segunda-feira (21).

Eles foram acionados para desobstruir a rua Perpétuas, no bairro Lindéia, na região do Barreiro. Uma árvore caiu no local e interrompeu o tráfego. Uma árvore caiu também em cima de uma casa na rua Vasco da Gama, no bairro São Bernardo. Ninguém ficou ferido, segundo os bombeiros, mas o telhado da residência ficou danificado.

Veja as imagens do caos do temporal deste domingo (20):

 

Alagamentos

Na avenida Bernardo Vasconcelos, no bairro Ipiranga, ainda na região Nordeste, uma mulher ficou presa no próprio carro devido à inundação da avenida. Ela conseguiu sair e passa bem, mas segundo os bombeiros vários veículos foram inundados devido à chuva. No bairro Gutierrez, na região Oeste da capital, houve registro de forte chuva.

A internauta Ana Cláudia Santos flagrou a situação da avenida Bernardo Vasconcelos, mas na altura do bairro Palmares. Pela imagem, que foi publicada no micro-blog Twitter, é possível ver que as ruas paralelas e que fazem interceção com a avenida ficaram completamente alagadas.

 

Na avenida Bernardo Vasconcelos, no bairro Palmares, na região Nordeste, houve grande alagamento

Vista da avenida Bernardo Vasconcelos, no bairro Palmares, na região Nordeste da capital

Com o alagamento na Cristiano Machado, diversas linhas de ônibus que passam pela via, atrasaram, prejudicando os usários. Uma delas é a linha 62 (Savassi/ Venda Nova), houve quem precisasse do coletivo e foi obrigado a pegar um táxi. A rota alternativa recomendada era a avenida Antônio Carlos.