O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), vetou o Proposição de Lei 136/13, proposto pela Câmara Municipal, que previa a criação do chamado "ônibus da balada", um serviço de transporte público destinado a atender o público das regiões boêmias da capital mineira.

Conforme o projeto, o veículo teria itinerário específico para bairros com alta concentração de bares e casas noturnas, circulando entre 21h e 5h, de quinta-feira à sábado. Ainda era previsto que ele teria circulação do veículo das 18h de domingo até 1h da segunda-feira. A Prefeitura de BH ficaria com todo o custeio da operação.

O projeto foi vetado uma vez que Lacerda entendeu que a proposta dos vereadores viola as competências da BHTrans, responsável pela organização, direção, coordenação, delegação e controle da prestação de serviços públicos de transporte.