Publicidade

  

O casamento de um casal chinês terminou de forma trágica nesta semana, quando Zhang Shih, de 38 anos, inconformada com as traições, atropelou a amante do marido e sua filha, de quatro anos. A menina chegou a ser socorrida em um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Se já não fosse pouco causar a morte de uma criança, Zhang, para evitar que a ambulância socorresse as vítimas, tirou a roupa no meio da rua e deitou na frente do veículo de resgate, evitando sua passagem.

O fato foi registrado em vídeo por pessoas que passavam na rua na hora do tumulto (veja no final da matéria). De acordo com o jornal americano New York Daily News, Zhang estava numa van, perseguindo a amante do marido que passeava com a filha em uma bicicleta. Com a batida, a criança ficou inconsciente e foi retirada de debaixo do carro.

Depois de atropelar, após as vítimas serem resgatadas, a mulher tirou a roupa e deitou na frente da ambulância. Ela estava tão irada que não se intimidou com os policiais armados ordenando para ela sair da frente.

A amante, identificada como Wang, está internada em estado grave. Sua filha, de quatro anos não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Zhang será julgada por homicídio e tentativa de homicídio, crimes que podem resultar em pena de morte para a chinesa.

Confira os vídeos:




Vídeo II

 

Deixe seu comentário!


 
© Copyright 1996-2012 Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia
Desenvolvimento Techlise Soluções em Tecnologia