Um advogada de 44 anos foi presa após ser flagrada dirigindo pelas ruas de Belo Horizonte com sintomas de embriaguez, no fim da madrugada desta sexta-feira (24). De acordo com a Polícia Militar (PM), a suspeita ainda teria tentado fugir ao perceber que seria abordada pelos policiais e quando finalmente foi contida, resistiu a prisão.
 
Conforme a PM, a motorista parou o carro em uma viaduto sobre a avenida Silva Lobo, o que despertou a desconfiança de policiais que passavam em uma viatura pelo local. Ao notar a presença dos militares, ela arrancou o veículo e saiu em alta velocidade.

A motorista não respeitou a ordem de parada dos policiais, mas acabou sendo cercada na esquina das avenidas Amazonas e Francisco Sá, bairro Calafate, região Oeste. Segundo a PM, a advogada desceu do veículo andando com dificuldade e com hálito etílico, ela ainda disse que era mulher de um desembargador e que este iria punir os militares. Os policiais deram voz de prisão a ela, que se recusou a entrar na viatura. Ela foi algemada e levada para a delegacia do Detran.