Um assaltante que escolheu a casa de um policial militar para roubar acabou sendo assassinado nesta terça-feira (14). O homem foi flagrado tentando invadir a casa pela janela da residência, no bairro Eldorado, em Contagem, na Grande BH. O sargento da Polícia Militar que trabalha no setor administrativo da corporação atirou duas vezes contra o suspeito. Mesmo baleado, o homem conseguiu subir do terceiro andar da casa para o terraço, de lá, ele acabou pulando de volta ao nível inferior, porém, na casa da vizinha do PM.

De acordo com o tenente Nilton da Silva Firmo, o assaltante tentava invadir o imóvel, localizado entre as avenidas José Faria da Rocha e Olinto Garcia, por volta das 4 horas da madrugada e tinha comparsas. Os vizinhos ouviram o barulho e acionaram a Polícia Militar. Na residência, porém, o sargento, de 37 anos, dormia com a mulher dele no quarto quando notou a movimentação na copa da casa. “Ele viu um vulto e o barulho de alguém forçando a janela depois de já ter quebrado o vidro. O sargento atirou, mas não viu se tinha atingido alguém”, contou o tenente Firmo.

Quando os policiais chegaram à casa não encontraram nenhum corpo, mas perceberam rastros de sangue no quarto andar do imóvel, onde fica o terraço. Lá, outras marcas de sangue apontavam para o telhado da casa. Os policiais, então, encontraram o corpo do assaltante no terraço da casa vizinha.

O homem não foi identificado, mas segundo o tenente Firmo, ele era conhecido como “Neguim” e já tinha cometido vários furtos na região. A perícia realizou os trabalhos de praxe e encaminhou o corpo do suspeito para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte. Um procedimento administrativo vai ser aberto na Polícia Militar para apurar a conduta do policial. “Ele agiu em legítima defesa, se não fosse isso a mulher dele e ele poderiam ter morrido, vai que os comparsas estavam armados?”, afirmou o tenente Firmo.

O sargento – que não teve a identidade revelada – foi encaminhado para a delegacia de homicídios de Contagem. A mulher dele não ficou ferida.