Depois da tensão, mortes, tiroteio e até toque de recolher, na noite de quarta-feira (12), o clima nos bairros São Mateus e Estrela Dalva, em Contagem, na Grande BH, é de tranquilidade nesta quinta-feira (13). A informação é da Polícia Militar, que realiza uma operação na região com, pelo menos, 20 militares envolvidos no cumprimento de mandados de busca e apreensão. Segundo os policiais, a ação já estava prevista para ser realizada nesta quinta e não teria sido motivada pelo episódio da noite de quarta.

Os policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar foram acionados para a região na quarta-feira (12) para checar uma denúncia anônima que relatava um ponto de tráfico de drogas em uma casa no Beco Ax.

No local, os policiais encontraram um homem, em atitude suspeita, e resolveram abordá-lo. O suspeito reagiu, agrediu os militares e atirou contra eles. Os militares revidaram e acertaram o homem, de 22 anos. Ele foi socorrido pela PM e encaminhado ao Hospital Municipal de Contagem, onde acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. A vítima tinha passagens pela polícia por diversos crimes, como tráfico de drogas e homicídios.

A morte do homem pode ter sido a principal motivação para um toque de reconhecer na região. Isso porque, algum tempo depois da ação dos policiais no Beco Ax, moradores e comerciantes acionaram a PM novamente, relatando o toque de recolher.

Um suspeito identificado apenas como "Tigrão" é suspeito de ter baleado um adolescente, de 15 anos. O disparo de arma de fogo atingiu a região do peito do adolescente, quando ele passava pela rua Andaraí. A vítima foi socorrida pelos policiais do 18°BPM para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Quando os policiais voltaram ao local para verificar a denúncia do toque de recolher, prenderam um homem, de 30 anos, conhecido como ''Barriga".  Ele é suspeito de liderar o tráfico de entorpecentes na região. Ainda durante patrulhamento, foram detidas por associação ao tráfico, duas jovens, de 20 e 23 anos.

Todos os envolvidos foram encaminhados a 6° Delegacia de Polícia.