RIO DE JANEIRO - O ciclista Diego dos Santos, 26, foi atropelado na manhã desta sexta-feira (3) na praia do Flamengo, altura da rua Barão do Flamengo, sentido Botafogo, zona sul do Rio. Até as 10h, não havia informações sobre o motorista envolvido no atropelamento.
É o quarto caso em pouco mais de um mês, divulgado pela imprensa, de ciclista atropelado no Rio. Segundo os bombeiros, Santos foi levado com ferimentos leves para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, mas ainda não obteve retorno sobre o estado de saúde do ciclista. O Corpo de Bombeiros afirmou que foi acionado por volta das 8h50 para socorrer o rapaz.

Na última quarta, feriado do Dia do Trabalho, o ciclista Alberto da Silveira Júnior, 40, foi atropelado por um carro por volta das 6h45, na avenida Radial Oeste, altura da Praça da Bandeira, zona norte do Rio. Testemunhas disseram à polícia que o motorista não prestou socorro.

Júnior foi levado pelos bombeiros para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele sofreu uma fratura no tornozelo e algumas escoriações. Passou por exames de avaliação no setor de ortopedia e foi liberado no mesmo dia.

No dia 30 de abril, o triatleta e dentista Pedro Nikolay, 31, foi atropelado e morto na avenida Vieira Souto, em Ipanema, zona sul da cidade.

O dentista participava de um treinamento que reunia cerca de 20 atletas, por volta das 5h50, quando foi atingido por um ônibus. Na tarde do 1' de maio, manifestantes realizaram um protesto contra a violência no trânsito no centro do Rio. Os manifestantes exigiam uma área específica de treinamento na cidade.

No dia 1º de abril, a ciclista e produtora do programa 'Amor e Sexo' da TV Globo, Gisela Matta, morreu após ser atropelada por um ônibus, na esquina das ruas General San Martin e Bartolomeu Mitre, no Leblon, também na zona sul.