Ricardo Bastos
Páscoa
Antecipado - Comércio quer ampliar as vendas em 30% nesta Páscoa

O Carnaval mal começou e os ovos de Páscoa já chegaram aos supermercados de Belo Horizonte. Ao antecipar a oferta das guloseimas em quase 50 dias, os varejistas apostam no estímulo ao consumo para alavancar as vendas.

“Quem se antecipar, tiver um bom estoque e souber chamar o cliente vai ter um crescimento de 30%”, garante o superintendente da Associação Mineira de Supermercados (Amis), Adilson Rodrigues.

Tanto otimismo encontra apoio em uma projeção de aumento em igual percentual nas vendas deste ano, em comparação com igual período de 2012, conforme estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab).

Também deve ajudar a embalar as vendas o reajuste médio de 5% no preço dos ovos de chocolate, índice inferior à inflação acumulada nos últimos 12 meses.

“Os fabricantes associam o aumento ao reajuste nos salários dos trabalhadores das indústrias do setor e aumento nos preços dos insumos, como cacau e açúcar”, diz Ubiracy Fonseca, vice-presidente da Abicab.

Para o consumidor, pode ser interessante começar a pesquisar preços e já comprar os produtos mais cobiçados pelas crianças. “O preço pode cair, mas isso só acontece com produtos quebrados ou derretidos. Quem deixa para a última hora não faz uma boa compra, pois as opções e qualidade diminuem”, recomenda o gerente do Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Gilberto Dias de Souza.

Visando atender à demanda da Páscoa deste ano, as indústrias chocolateiras abriram 20 mil vagas de emprego temporário.