Um levantamento apresentado nesta sexta-feira (17) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostrou que 2.850 municípios brasileiros terão apenas dois candidatos na disputa pela prefeitura. O número representa 51,1% do total de cidades do Brasil.

Segundo a CNM, em 29,7% desses casos a disputa se dá envolvendo PMDB, PP, PSDB, PSD, PT e DEM.

Em relação ao pleito de 2008, o cenário com apenas dois candidatos foi ampliado. Naquela ocasião, 2.553 cidades, ou 45% do total, enquadravam-se na situação.

Opinião

Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, os dados refletem o desinteresse dos gestores em ocupar cargos no Executivo. "É um dado significativo e que reflete esse desinteresse. A pessoa que pensa, que analisa a situação, não concorre. É muita cobrança sobre os municípios, o que torna as prefeituras ingovernáveis”, disse ao portal “Terra”.