Pré-candidatos a presidente da República em 2014, Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB), Marina Silva (sem partido) e Ciro Gomes (PSB) montaram uma agenda de participação na campanha às eleições municipais de forma a pedir votos para aqueles que apoiam e “vender” a imagem para se tornar mais conhecidos.

Além de visitas a inúmeras cidades, eles têm feito centenas de gravações para os atuais candidatos. A prioridade foi viajar a locais onde partidos e aliados têm grande chance de vitória. O senador Aécio Neves, por exemplo, foi para Ribeirão Preto (SP) dar uma força ao ex-líder do PSDB na Câmara Duarte Nogueira, que está em segundo lugar na disputa pela prefeitura, conforme as pesquisas.

Na semana passada, entre outras cidades, Aécio foi para Salvador – onde o PSDB apoia o democrata ACM Neto –, Vitória, Vila Velha, Teresina, Campina Grande, João Pessoa, Maceió, Aracaju, Pelotas e Manaus.

Numa cruzada para fortalecer o PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, usa a mesma tática. Ele já foi para Natal, João Pessoa e São Luís. E para Campinas, São Paulo e Ferraz de Vasconcellos, em São Paulo. Na semana passada, iniciou viagens a Curitiba e a Belo Horizonte, além de Porto Velho.
Marina Silva um périplo, com viagens para Macapá, São Luís, Manaus e Maceió. Já Ciro Gomes viajou, nos últimos 30 dias, foi para Porto Alegre, Cachoeira, Gravataí e Viamão, no Rio Grande do Sul, e Florianópolis.