RIO DE JANEIRO - Vicente del Bosque não confirma, mas tudo indica que Fernando Torres deverá ganhar a vaga de Diego Costa no duelo contra o Chile, nesta quarta-feira (18), que será realizado no Maracanã. Um dos fortes indícios é a presença do atacante do Chelsea na coletiva de imprensa oficial da Fifa, que foi realizada nesta terça-feira. Porém, os dois resolveram ensaiar o discurso e deixaram um tom de mistério no ar durante o bate-papo com a mídia presente no templo do futebol.

Ao ser perguntado sobre seu aproveitamento, o atacante jogou a bola para Del Bosque. "É melhor perguntar para o técnico", se esquivou “El Niño”, que completou posteriormente: "A gente ainda não sabe qual vai ser a escalação, mas tenho a impressão que isso é o que menos importa. Temos que buscar nosso futebol, com o nível que podemos mostrar. Se não conseguirmos ganhar desse jeito, temos que ganhar de outro. Só resta vencer. Esperamos chegar lá”, afirmou o camisa 9 espanhol.

O comandante espanhol, por sua vez, preferiu adotar o bom humor para se esquivar dos questionamentos. “Tem que perguntar para a imprensa. Se ela não sabe a formação, não sou eu quem vou saber”, brincou Del Bosque.

Para aumentar o clima de mistério, o técnico da Fúria permitiu que a imprensa tivesse acesso a apenas 15 minutos do treinamento realizado no gramado do Maracanã, tempo mínimo exigido pela Fifa. Posteriormente, Del Bosque fechou os trabalhos e fez os últimos ajustes na equipe que pegará o Chile

Espanha e Chile medem forças nesta quarta-feira (18), a partir das 16 horas, no Maracanã. Para se manter viva na Copa do Mundo, a Fúria precisa da vitória. Em caso de empate, chega à última rodada com a necessidade de tirar seis gols de saldo do adversário de amanhã. Derrota para os andinos e empate da Holanda contra a Austrália fazem a atual campeã do Mundial dar adeus ao sonho do bi prematuramente.