Uma das apresentações mais legais do Salão de Frankfurt, em setembro, foi o Bugatti Vision GT (carro primeiramente desenhado para o game de corridas “Gran Turismo”) e que será a base do novíssimo Chiron, que será mostrado em março, no Salão do Automóvel de Genebra.
 
Em Frankfurt, o bólido surgiu seguindo os traços da versão para videogame, com apêndices aerodinâmicos avantajados, decalques de fornecedores de componentes de alto desempenho e outras firulas que vão além do carro final, mesmo sendo ele um Bugatti.
 
Mas depois de Frankfurt, o assunto esfriou, já que o carrinho não deu as caras em “Gran Turismo 6”, versão mais recente da série, disponível para PS3, e só poderá ser guiado após a publicação de “Gran Turismo Sports”, edição de estreia da série no PlayStation 4. Agora, a marca francesa, pertencente ao Grupo VW, voltou à cena com um cartão de fim de ano em que convida para um encontro na mostra suíça, tendo o Chiron encoberto.
 
O superesportivo será o terceiro modelo de produção desde 1987, quando a marca voltou às atividades com o EB-110. Assim como o Veyron, o nome do bólido é uma homenagem a um piloto. No caso, o monegasco Luis Chiron, que correu com modelos Bugatti na década de 1930.
 
O bólido terá motor quadriturbo W16 8.0 de 1.500 cv para superar a barreira dos 450 km/h.