A decisão de colocar na garagem o Duster com tração 4x2 ou 4x4, deve ser tomada com muita cautela. Fora diferenças no desempenho e na capacidade para transpor obstáculos, o veículo é o mesmo. A variação de preço mais que considerável, só deve ser paga por quem realmente vai enfrentar caminhos difíceis ou percursos “fora de estrada”.

Embora tração 4x4 também seja útil ao manobrar na cidade em vias íngremes com piso molhado, no dia a dia ela acarreta vários inconvenientes, como maior custo, aumento do consumo por “roubar” potência e deixar o carro mais pesado, elevação do gasto com manutenção e diminuição do porta-malas pela presença do diferencial traseiro.

A versão mais barata, “Expression” 4x2, com transmissão manual, tem motor 1.6 e sai por R$ 63.590. A “Dinamique” 4x2 manual, com motor 2.0, acrescenta rodas em liga, computador de bordo, sensores traseiros, multimídia com tela “touch”, viva voz e GPS, e custa R$ 79.490. A “Dinamique” 2.0, com tração 4x4 , salta para 82.490.
Várias facetas

O Renault Duster caiu no gosto do consumidor brasileiro por oferecer ótimo espaço interno, mecânica confiável e status de jipinho a um preço competitivo. Polivalente, o utilitário-esportivo (SUV) compacto da marca francesa chegou ao mercado no apagar de 2011 e teve boa recepção, a ponto de acender a luz amarela no quartel general da Ford, que acelerou o desenvolvimento da segunda geração do EcoSport.

Até o início deste ano, o norte-americano e o franco-romeno (o Duster deriva do homônimo feito pela Dacia, subsidiária romena da Renault) reinaram no térreo dos SUVs até que Honda e Jeep resolveram entrar na dança e empurraram o jipinho de São José dos Pinhais para a terceira posição no ranking de emplacamentos.

Com três opções de transmissão, dois motores e dois modos de tração, qual é a melhor solução para o consumidor?

1.6 4x2

A versão básica do Duster é equipada com motor 1.6 16v de 112 cv, que tem desempenho satisfatório e consumo moderado (ver ficha ao lado). Essa opção é indicada para o consumidor que opta pelo custo/benefício e uso citadino. Seu porta-malas oferece espaço generoso, mas por ser a versão básica (Expression), o consumidor não terá acesso a alguns conteúdos exclusivos das versões superiores.

2.0 4x2

Se o pacote de conteúdo e desempenho são insuficientes, a versão 2.0 Dynamic, com tração dianteira, é a mais indicada. A unidade 2.0 1.6v de 148 cv oferece performance mais atlética, porém o consumo é bem mais alto. Indicada para quem precisa de um carro mais refinado. Além disso, é a única versão que pode combinar caixa manual de seis marchas ou automática de quatro velocidades.

2.0 4x4

Não existe versão mais barata com tração 4x4 e mesma oferta de espaço. Partindo de R$ 82.490, na versão Dynamique, essa configuração é para quem realmente precisa rodar em terrenos acidentados. Sua suspensão independente nas quatro rodas permite avançar em pisos irregulares com facilidade. A caixa de seis marchas tem a primeira bem reduzida, o que garante força em ladeiras.

Renault Duster

O QUE É?

Veículo Utilitário Esportivo (SUV) compacto, derivado do romeno Dacia Duster.

ONDE É FEITO?

Fabricado na fábrica da Renault, de São José dos Pinhais (PR).

COMO ANDA?

1.6 4x2 – Motor 1.6 16 v, 115 cv, torque 15,9 kgfm, vel. max. 164 km/h e 0 a 100 km/h em 12,7 seg.
2.0 4x2 – Motor 2.0 16 v, 148 cv, torque 20.9 kgfm, vel. max. 180 km/h e 0 a 100 km/h em 9,9 seg.
2.0 4x4 – Motor 2.0 16 v, 148 cv, torque 20.9 kgfm, vel. Max. 181 km/h e 0 a 100 km/h em 10,4 seg.

COM QUEM CONCORRE?

Por contar com três opções de transmissão, dois motores e dos sistemas de tração o Duster é um SUV que concorre com diversos modelos, desde as versões de entrada do Ford EcoSport, na faixa dos R$ 65 mil, assim como Jeep Renegade e Honda HR-V. Ele briga até mesmo com a versão topo de linha do Jeep Renegade Trailhawk 2.0 4x4automático que parte dos R$ 124.900, devido oferta de tração nas quatro rodas

Preços iniciais

1.6 4x2 Expression - R$ 63.590

2.0 4x2 Dynamic - R$ 79.490

2.0 4x4 Dynamic - R$ 82.490

COMO BEBE? (Gasolina)

1.6 4x2 - Cidade 8,2 km/l; estrada 13,5 km/l
2.0 4x2 - Cidade 8,4 km/l; estrada 10,8 km/l
2.0 4x4 - Cidade 8,2 km/l; estrada 10,3 km/l

ESPAÇO INTERNO

Um dos principais destaques do SUV francês é o espaço interno, capaz de acomodar confortavelmente cinco adultos. O acabamento e montagem evoluíram com a reestilização de meia vida, mas nãos deve esperar materiais nobres, mesmo que os novos apliques e opção de revestimento em couro tenham lhe conferido sofisticação. A localização do botão de comando dos retrovisores sob o freio de mão é péssima. Porta-malas com 400 l na versão 4x4 e 475 nas demais.

SEGURANÇA:

Quatro das cinco estrelas disponíveis para a proteção de adultos e duas para crianças, em recente ensaio da LatinNCAP.