Durante uma viagem, o motorista está a mercê de todo tipo de sorte. Mesmo que seu automóvel esteja devidamente revisado, com pneus novos e calibrados, óleo lubrificante trocado, documentação em dia, não há nada que impeça que algo de errado possa acontecer pelo caminho, como um furo de pneu, uma borracha de tubulação que apresente fissura ou algum objeto que possa atingir o motor e provocar vazamentos. O que irá acontecer ninguém sabe, mas ter em mãos alguns itens e peças de reserva podem ajudar a amenizar os transtornos, economizar dinheiro e impedir que a viagem seja interrompida.

Ter em mãos itens como correias (dentada ou de serviço), polias, rolamentos, frascos de óleo, fusíveis, relés, dentre outras peças passíveis de desgastes e defeitos são de grande valia. Isto não significa que o motorista tenha que ter conhecimentos de manutenção e ele mesmo realizar o reparo, mas irá facilitar o trabalho do mecânico, que terá os componentes na mão e irá fazer o reparo com mais agilidade.

A chave!

Já pensou o tamanho do problema se a chave de ignição se perde ou quebra em outra cidade? Depois que ela passou a ter um chip interno e sem ele omotor não funciona, não custa nada lembrar de colocar a chave reserva na mala...

Bagagem do possante

ÓLEO – Encontrar óleo é moleza em qualquer posto de beira de estrada. O problema é encontrar o lubrificante com a especificação exata do que está no carter justamente no posto de gasolina mais próximo. O ideal é levar pelo menos um frasco de reserva para completar, caso o nível comece a baixar.

CORREIAS – Ter no porta-malas um kit com as correias (normal e dentada) pode ajudar caso apareça alguém para socorrer. O motorista não irá depender da disponibilidade da oficina ou da loja de peças mais próxima. Fusíveis e lâmpadas podem quebrar um “senhor” galho...

ÁGUA – Se ferver, apesar de os carros atuais demandarem fluídos refrigerantes no radiador (água + aditivo), ter uma garrafa PET com água permite completar e dirigir até o posto mais próximo sem que o motor superaqueça.

LANTERNA – Já pensou um pneu furado, a noite, numa estrada sem iluminação? Ter uma lanterna é essencial para qualquer reparo de emergência.