FERNANDINA BEACH (Flórida) – O inglês Stirling Moss venceu as mais importantes corridas do mundo nas décadas de 50 e 60. Entre elas, a Mille Miglia de 1955, pilotando a famosa Mercedes SLR. Ele nasceu em 1929 e correu até 1962, quando um acidente o deixou 38 dias em coma no hospital e fora das competições. Hoje, com 85 anos, é reverenciado como um dos melhores pilotos de todos os tempos, e foi novamente homenageado em Amelia Island, ao lado do Mercedes 722 e de outros 12 automóveis que pilotou.
 
OBRA PRIMA
A Ferrari Superamerica SWB Cabriolet 1960 é a terceira de apenas sete unidades produzidas, o que explica o elevado valor desta obra-prima de Pinin Farina. O motor é um V-12 com quatro litros de cilindrada, 340 hp com caixa de quatro marchas. Foi o carro que atingiu maior valor entre todos os que saíram sob o martelo em Amelia Island: U$ 6.380 mil. As três leiloeiras faturaram acima de U$ 100 milhões em Amelia Island, além de muitas outras oportunidades de negócios de lojas e particulares no encontro.
 
ATRAÇÃO FATAL
Stutz foi uma famosa marca norte-americana que produziu, entre 1911 e 1935, automóveis luxuosos e esportivos. Este 1928 “Streamliner” foi modificado para máxima aerodinâmica e bater recorde de velocidade. O piloto Frank Lockhart morreu nele a mais de 350 km por hora com um pneu estourado. O automóvel exposto é réplica perfeita do original, que tinha dois motores V-8.
 
ÚNICO NO MUNDO
Este De Soto 1954 Adventurer II é exemplar único, encomendado pela Chrysler para o estúdio Ghia, de Turim. Tem motor V-8 de 276 polegadas cúbicas de cilindrada e desenvolve 170 hp. Depois de ser exposto como “show-car” em vários salões, foi vendido para um concessionário da marca no Marrocos. Anos depois, ele foi adquirido por um colecionador.
 
COURO DE AVESTRUZ
Na década de 30 era muito comum a construção – sob encomenda – de carrocerias por empresas independentes sobre o chassis de outro fabricante. Caso deste Packard 1937 1508 com motor V-12 encarroçado pela Rollston em alumínio e uma série de sofisticações, como o revestimento em couro de avestruz.
 
COW-BOY
Este Pontiac Bonneville 1965 é típico do texano milionário, decorado “a rigor”. Externamente, rifles e um chifre defronte a grade. No interior, todos os acessórios de época (e de mau gosto) para não deixar margem a dúvidas: até o dono do carro e sua esposa estavam rigorosamente a caráter...
 
MOTO LAMBO?
Não, a Lamborghini não fabrica motos, mas ninguém impediu este arrojado colecionador norte-americano de instalar duas rodas, guidão e caixa de marchas junto a este motor V-12 e ter uma das mais rápidas motocicletas do mundo...