A Renault tem sido a pedra no sapato de muita gente. No final de 2011, quando lançou o utilitário-esportivo (SUV) Duster, a marca forçou a Ford a fazer uma apresentação a conta-gotas da segunda geração do EcoSport, que se arrastou até o segundo semestre de 2012. Em setembro, os franceses colocaram no mercado a Duster Oroch, picapinha com espaço interno superior à da Strada e Saveiro. E resposta da Fiat foi a confirmação e, em seguida, a divulgação da primeira foto oficial da Toro, que acabou de ter a segunda imagem revelada.

O novo clique revela a traseira da Toro, em que o principal destaque é a tampa da caçamba bipartida e com abertura lateral. As razões pela escolha serão dadas quando a marca fizer o lançamento oficial da picape, no início de 2016.

A Toro é a primeira picape de porte médio da Fiat, com capacidade de carga de uma tonelada. Mas ao contrário das concorrentes como Ranger, S10 e Frontier, o utilitário italiano usa monobloco e não carroceria sobre chassi.

Sua construção ficará a cargo da planta de Goiana (PE), de onde já sai o Jeep Renegade. E por falar no jipinho coqueluche, a Toro compartilhará diversos componentes, inclusive a plataforma, que foi alongada para oferecer o espaço de carga próximo das picapes médias convencionais.

O modelo também herdará o conjunto mecânico do Renegade, como o motor turbodiesel 2.0 de 174 cv, a transmissão automática de nove marchas e opção de tração integral, que equiparam a versão topo de linha, que como indica a foto se chamará Volcano. Também está cotado a unidade E-Torq 1.8 que equipa demais modelos fabricados na unidade de Betim, mas com potência elevada para 140 cv.