Cuidar da alimentação é tão importante quanto escolher a fantasia e programar-se para acompanhar os blocos de rua durante o Carnaval. O ideal, nesses dias, é reforçar o consumo de carboidratos e líquidos para não faltar energia nem ficar desidratado.

A nutricionista Andrezza Fernandes, da equipe Alessandra Feltre, sugere um café da manhã reforçado antes de cair na folia: pão integral com uma fonte de proteína (queijo, peito de peru e atum são algumas opções) e uma salada de frutas, que pode vir acompanhada de aveia.

Ao longo do dia, água, sucos naturais, água de coco e chás devem ser consumidos sem moderação, principalmente por quem não abre mão das bebidas alcoólicas. Para essas pessoas, a dica é alternar.

Os tradicionais petiscos, normalmente fritos ou em conserva, podem ser substituídos por barrinhas de cereais.

“Também é importante evitar alimentos feitos com maionese e sanduíches naturais, recheados com produtos frios. Quando preparados fora de casa, oferecem grande risco de contaminação”, afirma Andrezza.

Recuperação

Após a “maratona” de folia, é importante fazer uma refeição rica em carboidrato e proteína à noite. Macarrão – não vale o instantâneo – ou legumes cozidos com frango ou peixe, sem esquecer da salada, são cardápios recomendados.

Para quem exagerou na bebida, macerar boldo e tomar a água antes de dormir ajuda na regeneração do fígado. Já o suco de beterraba coado, com limão e hortelã, auxilia na recuperação muscular.