Com 72,96% dos votos, um total de 223.902 eleitores, o candidato do PSDB foi eleito o novo prefeito de Contagem, na RMBH. O candidato do PC do B e atual prefeito Carlin Moura teve 27,04% (82.986). Os votos brancos representaram 3,81% e os nulos 11,39%. A apuração das urnas terminou por volta das 19h20.

Alex de Freitas atribuiu a vitória à insatisfação da população com a gestão atual. "Eu era conhecido de menos de 2% da população. Muita gente fui conquistando ao logo do caminho", explicou. O prefeito eleito disse que é prioridade do seu governo formar uma equipe forte para enxugar a máquina pública. 

Esta é a primeira vez que Alex de Freitas (PSDB) se candidata a um cargo público. Ele é empresário do ramo imobiliário e foi secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Contagem na administração de Marília Campos (PT). Durante a infância, foi morador do bairro Petrolândia. É casado e pai de três filhos.

Histórico da disputa em Contagem

O primeiro turno em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi apertado. O atual prefeito Carlin Moura (PC do B) ficou em primeiro com 79.454 votos válidos e 27,87% da preferência dos eleitores. Alex de Freitas ficou em segundo com 70.358 votos (24,68%) e bem perto dele Ademir Lucas (PR) com 63.689 votos, que representou 22,34%. O segundo colocado foi definido já quase no final das apurações das urnas. 

Durante o segundo turno, a corrida por apoios fez com que o prefeito Carlin ganhasse aliados como o deputado federal e candidato derrotado Ademir Lucas (PR), a deputada estadual e ex-prefeita de Contagem Marília Campos (PT) e o também ex-prefeito da cidade e ex-governador Newton Cardoso (PMDB). Mesmo assim Alex de Freitas ultrapassou o adversário nas pesquisas de intenção de votos. Em 11 de outubro, de acordo com a sondagem do Instituto Paraná, o tucano Alex tinha 38,9% das intenções de voto. O atual prefeito, Carlin Moura (PCdoB), estava em segundo lugar, com 20,01%.

A pesquisa também avaliou a rejeição dos candidatos. De acordo com o instituto, 56,1% dos entrevistados disseram não votariam em Carlin Moura “de jeito nenhum” e 24% não votariam em Alex de Freitas.

Já no dia 27 de outubro, pesquisa exclusiva do Instituto Quaest, apontou Alex de Freitas (PSDB) como favorito com tem 72% das intenções de votos válidos em Contagem, contra 28% do atual prefeito, Carlin Moura (PCdoB). Ainda de acordo com Instituto Quaest, a rejeição dos eleitores ao prefeito de Contagem Carlin Moura (PCdoB) pesou nas intenções de votos dos eleitores. Conforme o levantamento, 45% dos entrevistados avaliaram negativamente o prefeito; 29% consideraram a gestão dele regular; e 25% a consideraram positiva. Não souberam responder 1% dos ouvidos. 

Durante todo o mês de outubro, as campanhas de ambos os candidatos trocaram ataques e acusações por meio de divulgação de falsas pesquisas, postagens nas redes sociais e vídeos que se espalharam entre os eleitores. 

Leia mais:
Carlin Moura e Alex de Freitas disputam 2º turno em Contagem
Em Minas, três prefeitos estão em busca da reeleição
Alex tem 72% das intenções de voto em Contagem