A quatro dias de ser encerrada na capital mineira, a exposição “Dream-works Animation” chega à reta final com um recorde. Até a última quarta-feira, a mostra dedicada ao estúdio americano de desenhos, criado há 25 anos, já tinha recebido exatas 553.779 pessoas.
 
Desde que o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Belo Horizonte foi aberto, em agosto de 2013, é a exposição que mais teve público. Antes, o primeiro posto pertencia à “ComCiência”, de Patricia Piccini. Apresentada em outubro de 2016, a atração foi vista por 312 mil espectadores.
 
“Dreamworks Animation” estreou na capital mineira em 15 de maio, após também virar um fenômeno no CCBB do Rio de Janeiro. Por aqui, vem recebendo uma média de 9 mil pessoas por dia, número que deverá aumentar nos derradeiros momentos.
 
Com a expectativa de um público maior, a assessora de imprensa do CCBB-BH, Barbara Guimarães, destaca algumas importantes dicas, principalmente sobre o ingresso. Para evitar filas, o melhor é garantir o bilhete, gratuito, pela internet, por meio do site eventim.com.br. 
 
“Não precisa imprimir. Basta mostrar o QR Code no celular. Para ter a melhor experiência possível, sugiro não ir com mochilas e bolsas grandes para não perder tempo em outra fila, a do guarda-volumes. A entrada de ‘pau de selfie’ também não é permitida”, lembra.
 
Mesmo com esses cuidados, o espectador não deverá escapar de uma fila. Mas a assessora destaca que ela não tem ultrapassado, em período de pico, 20 minutos. “Está grande, mas ela anda, e depressa. Por isso, ao chegar, não se assuste com o tamanho”.
 
A mostra conta com mais de 400 itens, como desenhos raros e nunca vistos pelo público, que refletem os conceitos iniciais dos filmes, modelos e obras de arte originais, entrevistas e displays interativos das animações da Dreamworks.
 
Entre os filmes em destaque na exposição estão sucessos como “Shrek”, “Madagascar”, “Kung Fu Panda” e “Como Treinar o seu Dragão”, presentes nas três partes da exposição (Personagem, História e Mundo). 
 
Um dos pontos altos é o “Voo do Dragão” em tecnologia imersiva – vista espetacular em 180 graus da Ilha de Berk, cenário do filme “Como Treinar o Seu Dragão”.
 
A próxima exposição a ocupar o espaço será dedicada ao pintor suíço Paul Klee, a partir de 28 de agosto.
 
SERVIÇO
“Dreamworks Animation” – Até segunda-feira, no CCBB-BH (Praça da Liberdade). Entrada franca. De 10h às 22h.