O Universal Channel vai estrear no próximo dia 25, às 22 horas, “Elementary”, série inspirada no personagem-ícone dos contos policiais Sherlock Holmes. A versão moderna do clássico de Arthur Conan Doyle apresenta o ator Jonny Lee Miller (Sombras da Noite) como Holmes, e a bela Lucy Liu (As Panteras) como sua assistente, a Dra. Watson. A dupla será obrigada a se unir para solucionar os casos mais difíceis de Nova York.

A série foi lançada nos Estados Unidos em 27 de setembro.Com uma audiência de mais de 13 milhões de espectadores, o primeiro episódio de “Elementary” dominou as atenções do horário nobre norte-americano, incluindo críticos e especialistas.

Segundo o site “Entertainment Weekly”, a série traz uma versão inteligente do caráter do detetive. “Uma das alegrias da estreia foi o desempenho de Miller como um Holmes moderno (...). O ator e o criador Rob Doherty trazem algo novo para o personagem: um sentimento de alegria demonstrada nos sorrisos e olhares ávidos e rápidos”, escreveu Ken Tucker.

Já para Mary McNamara, do jornal Los Angeles Times, a estrela da série é Lucy Liu. “Miller, certamente, é competente e convincente para esta nova fase de Sherlock Holmes, mas é Watson que é verdadeiramente novo. Não é só porque ele é “ela”, mas porque ela parece estar, pela primeira vez, em sua própria narrativa. Liu dá a Watson a mistura perfeita de cautela e admiração”.

Episódio piloto

No episódio piloto, o detetive inglês Sherlock Holmes (Jonny Lee Miller) começa uma reabilitação em Nova York, após ter usado drogas e, para isso, seu pai contrata uma acompanhante, a ex-cirurgiã Joan Watson (Lucy Liu). Joan o procura em seu apartamento para conhecê-lo e logo saem para investigar o caso de uma mulher muito rica que foi agredida em sua casa e está desaparecida.

Eles vão ao local do crime, onde encontram o capitão Gregson (Aidan Quinn) que os atualiza sobre o ocorrido. Ele informa que a porta foi arrombada e houve um furto de joias de família. Porém, Sherlock examina os cômodos e desconfia que a vítima conhecia o agressor. A primeira suspeita cai sobre o marido dela. Assim, ao mesmo tempo em que a polícia prossegue a investigação, o detetive parte por outro caminho com a ajuda de Joan.

Enquanto isso, a médica descobre, aos poucos, que Sherlock não quer tornar-se íntimo e observa os métodos um tanto curiosos que ele utiliza para buscar pistas.