98FM estreia a 98 Live, plataforma com conteúdo para rádio, web e TV
De acordo com Rodrigo Jacques Carneiro, o sistema de streaming vai permitir o acesso de 150 mil pessoas simultaneamente, com conteúdo adaptado a todos tipos de aparelhos (Foto: Carlos Henrique)

A partir desta segunda-feira (21), a 98FM vai provar que o rádio pode ir muito além da transmissão de áudio. Às 17h, durante o programa “Graffite”, entra no ar a 98 Live, plataforma que vai transmitir conteúdo ao vivo simultaneamente em três suportes diferentes de comunicação: rádio, web e televisão, por meio da BH News, canal 9 da NET. Pela internet ou smart TV, bastará acessar 98live.com.br.

Todos os programas da rádio serão captados por quatro câmeras remotas de alta definição instaladas no estúdio, permitindo que as pessoas não só ouçam como também vejam os locutores e artistas – com direito a caracterização dos personagens.

Mais do que a filmagem dos profissionais, a plataforma permitirá o uso de imagens das mais diferentes formas. No “98 Futebol Clube”, por exemplo, os lances polêmicos das partidas poderão ser usados, assim como serão feitos videoclipes para as tradicionais músicas bem-humoradas sobre derrotas e vitórias dos times mineiros.

Interatividade

O ouvinte, que já participava com informações e opiniões via telefone e redes sociais, também poderá contribuir com material audiovisual e ser colaborador da 98 Live. Além de enviar vídeos pelo WhatsApp, poderá participar ao vivo dos programas por meio do Skype.

“Vamos amplificar a interatividade dos programas por meio das redes sociais. A plataforma foi pensada para ser totalmente interativa”, explica o diretor da 98FM, Rodrigo Jacques Carneiro, acrescentando que é a primeira vez em que é implementada no Brasil uma iniciativa como essa, que consegue abarcar três meios de comunicação diferentes com o mesmo conteúdo ao vivo.

Para quem quiser continuar ouvindo a 98FM pelo rádio, nada mudará. A empresa continuará apostando na linguagem que a faz ser diferente de todas as outras presentes no dial: bate-papos no estúdio que envolvem humor, notícias, futebol e campanhas sociais. “A linguagem vai continuar sendo de rádio, que vamos adaptar visualmente para a TV. Não estamos reformulando nenhum programa para que possa ir para a TV e web. Quando a pessoa não estiver olhando para o aplicativo, poderá entender tudo que está acontecendo”, explica.

‘98 Live’ terá produções exclusivas, como reality show e novela

Entre 9h e 19h, a 98 Live vai apresentar a transmissão ao vivo dos programas da 98FM – vale lembrar que três novos produtos estão sendo preparados para estrear na programação nos próximos meses. Entre 19h e meia-noite, as principais atrações da emissora, “98 Futebol Clube” e “Graffite”, ganharão reprise na web, suprindo uma demanda antiga dos ouvintes, que pediam uma nova chance para ouvi-las em horários alternativos.

Na 98 Live, o usuário terá também acesso a vários outros conteúdos, como um canal de videoclipes, oferecendo ao público um serviço que a MTV cumpria bem nos anos 1990. Se uma pessoa der uma festa em casa, por exemplo, poderá acessar o canal de música da plataforma em sua smart TV e não se preocupar com DVDs ou anunciantes – tão presentes no YouTube.

A plataforma também terá conteúdos audiovisuais exclusivos, desenvolvidos pela equipe da 98FM nas mais diferentes linguagens. Por enquanto, há o planejamento de realização de um reality show e de transmissões de shows e eventos. “Estamos também desenvolvendo roteiro para uma novela de 30 capítulos que poderá ter, entre atores e figurantes, 300 pessoas envolvidas”, adianta Rodrigo Jacques Carneiro, acrescentando que 12 pessoas foram contratadas especialmente para colocar a 98 Live no ar.

Enquanto confere o conteúdo da 98FM, há ainda a possibilidade de acompanhar a presença da emissora nas redes sociais, acessando o canal do YouTube ou olhando para o Feed com inserções feitas no Twitter. Por sinal, é possível acompanhar a transmissão e verificar as tuitadas na mesma tela.
 

 

Preparo

Testes vêm sendo feitos há aproximadamente um mês e os 38 profissionais por trás dos microfones da 98FM estão se preparando para lidar com a presença das câmeras. O grande facilitador é que a grande maioria já possui experiência em televisão, como apresentadores ou humoristas.

Caso de Gilbert Campos, dono de uma das vozes mais conhecidas da 98FM. O apresentador do “98 Futebol Clube” já teve passagem pela Alterosa e está familiarizado com as outras linguagens.

“Todo mundo do nosso programa tem experiência no palco e na TV. É todo mundo velho de guerra”, diz o locutor, que trabalha na emissora desde 1993. “É interessante dar rosto para as vozes que estão no rádio. O ouvinte tem a curiosidade de saber quem são as pessoas que fazem o programa, recebemos um feedback grande da audiência sobre isso. Tem gente que vem para a rádio e quer tirar foto com a gente”.

Exercício

Apresentador do “Graffite”, Dudu já tem intimidade com a câmera e apresentou programas televisivos em diferentes canais de Belo Horizonte. Mas a 98 Live está proporcionando a ele uma experiência nova.

“O grande exercício é fazer um material para a 98, a web e a TV, sem se esquecer do rádio. Quando colocarmos uma imagem no programa, não poderemos nos esquecer de quem está nos ouvindo”, diz Dudu.

Ele adianta que a turma do “Graffite” deve levar para a 98 Live a espontaneidade que era mostrada na Twitcam. “Sempre gostamos de encerrar o programa dançando”, conta o apresentador.