A Obra, tradicional bar da Savassi, é interditada pelo Corpo de Bombeiros

Rosiane Cunha
rmcunha@hojeemdia.com.br
08/02/2020 às 14:39.
Atualizado em 27/10/2021 às 02:34
 (A Obra BH/Reprudução Rede Social)

(A Obra BH/Reprudução Rede Social)

A Obra, tradicional casa noturna da Savassi, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, foi interditada pelo Corpo de Bombeiros na madrugada deste deste sábado (8).

Segundo os Bombeiros, havia risco iminente, e por isso o local foi interditado.  "Entre as irregularidades detectadas, destacam-se problemas nas saídas de emergência e iluminação de emergência, que por si só caracterizam a situação de risco iminente, além de vários outros problemas que colocam em risco a segurança dos frequentadores", informaram os Bombeiros, em nota.

A corporação destacou ainda que o estabelecimento já havia sofrido todas as sanções previstas na legislação estadual em vistorias anteriores, incluindo advertência, multa e multa por reincidência, pela existência de irregularidades referentes à segurança contra incêndio e pânico. O responsável foi cientificado da sanção de interdição e orientado sobre como se regularizar.

Em um comunicado em uma das redes sociais d'A Obra, os proprietários informaram que a casa tem toda a documentação necessária para o funcionamento em segurança. 

Ainda segundo o post, o bar funciona há 22 anos no mesmo endereço e sempre respeitou todas as medidas de segurança necessárias para a operação, inclusive disponibilizando na porta de entrada, para vistoria de todo o público, o Alvará de Funcionamento, Plano de Incêndio, Saídas de Emergência, Sinalização e Equipamentos de Segurança, Laudo Técnico aprovado pelo Crea, certificado de treinamento da Brigada de Incêndio e seguro contra quaisquer eventualidades.

"A equipe do Corpo de Bombeiros chegou na A Obra Bar Dançante aproximadamente às 3h deste sábado e mesmo conferindo toda a documentação já aprovada pela corporação, decidiu por lacrar a Saída de Emergência da casa, inviabilizando imediatamente o funcionamento".

O CBMMG respondeu que repudia veiculações de "informações inverídicas" e "reitera que todas as exigências de segurança contra incêndio e pânico são previstas em legislação estadual", disponíveis ao amplo acesso de toda a população.

A programação da casa para este sábado, incluindo a festa SUPERSET, foi cancelada. "Esperamos solucionar toda a situação no começo da próxima semana", afirmaram os proprietários, por meio do post.

 Seguem os principais pontos de irregularidade detectados, segundo os Bombeiros: 

-O estabelecimento não apresentou Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB);
-Escada de acesso principal apresenta 90cm em sua parte mais estreita, contrariando a largura mínima prevista na IT-08 (item 5.7.2 c/c item 5.4.2.1, ALINEA A);
-Pé direto da escada apresenta 1,70m de altura em sua parte mais baixa, contrariando a IT-08 (item 5.7.1, ALÍNEA I); 
-Obstrução da saída principal no passeio público por grades, com uma largura de saída de 0,80cm, contrariando A IT-08  (item 5.5.1.2) 
-A segunda rota sinalizadora como saída de emergência conduz a população para o interior de uma garagem de veículos coberta. Tal saída não possui nenhum tipo de balizamento por sinalização de emergência e também não possui iluminação de emergência. *Conforme alegado pelo responsável, a saída seria através de um portão eletrônico, em área coberta, que só abre mediante acionamento por controle remoto (no sentido contrário ao trânsito e saída), contrariando completamente o previsto legalmente. A rampa para a via pública possui inclinação de aproximadamente 35%, contrariando a IT-08. A outra alternativa de rota (na mesma saída citada) conduziria a população para o interior da edificação, passando por garagem de veículos, escada em sentido ascendente e hall da edificação, que possui porta abrindo em sentido contrário ao trânsito de saída. Tal rota não possui sinalização e iluminação de emergência, sendo inviável sua visualização;
-A edificação possui placas de orientação e salvamento, porém em quantidade insuficiente, contrariando a IT-15;
-Possui fiação elétrica exposta na alimentação às luminárias de emergência.

Veja o comunicado dos proprietários d'A Obra em uma rede social da casa:

Uma publicação compartilhada por (@aobrabh) em
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por