A ABL (Academia Brasileira de Letras) apresentou nesta quinta-feira (15) 12 cartas inéditas de Machado de Assis trocadas com José Veríssimo, um de seus colegas fundadores da Academia. As correspondências foram encontradas por herdeiros de Veríssimo em um apartamento no Flamengo, zona sul do Rio.
Os documentos foram doados à ABL há dois meses.

"São correspondências curtas e bilhetes que trocavam. Como uma forma pontual de mandarem e-mail um para o outro", diz a pesquisadora Irene Moutinho, especialista na obra de Machado. Além das missivas, também foram encontradas no arquivo ao menos três fotografias nunca vistas de Machado. Uma delas é uma imagem em rara posição frontal, tirada quando o escritor tinha cerca de 50 anos, por volta de 1890