A admiração e a amizade entre a cantora carioca Alaíde Costa e o guitarrista mineiro Toninho Horta se transformou em um álbum que percorre as canções do Clube da Esquina. A dupla, que teve um primeiro contato nos anos 70, lançou, no segundo semestre de 2015, o álbum “Alegria É Guardada em Cofres, Catedrais”. Agora, eles sobem ao palco para entoar as canções do disco e selar a amizade.

Única mulher a integrar o lendário disco “Clube da Esquina” (1972), Alaíde se diz uma apaixonada pela música das Alterosas. “O mineiro tem o dom da gentileza e as músicas refletem isso”, considera.

Amante dos arranjos minimalistas, a artista encontrou em Toninho Horta um parceiro na medida certa. “Nós viemos da mesma escola romântica, da bossa nova e do jazz. E ele coloca isso tudo em seus arranjos”, justifica. O resultado do encontro entre a voz suave de Alaíde e a versatilidade de Toninho ora ao violão, ora tocando guitarra, é um trabalho requintado.

Canções

Tanto o álbum quanto o show apresentam um repertório quase todo mineiro. São cinco criações de Toninho, incluindo “Beijo Partido”, além de “Sol de Primavera”, de Beto Guedes; “Nascente”, de Flávio Venturini; “Travessia” e “Outubro”, de Milton Nascimento e Fernando Brant, dentre outras.

“Sem Você”, de Tom Jobim, dá um tempero diferente. Segundo Toninho, foi ouvindo essa canção que descobriu e se apaixonou pela voz de Alaíde nos anos 60. “Essa foi a única música que fiz questão que entrasse no disco. É muito emblemática para mim”, registra o músico.

O restante do set list deixou a cargo da maturidade musical de Alaíde, com 60 anos de carreira, e do produtor Geraldo Rocha.

DVD a caminho

O título do álbum, retirado dos versos de “Aqui, Óh”, de Toninho Horta e Fernando Brant, dá uma pista dos rumos que eles decidiram trilhar. “Agora estamos em processo de finalização de um documentário que registramos durante encontros para gravação do disco e viagens a Ouro Preto”, adianta o músico.

O material deve ser lançado no segundo semestre deste ano. “É algo bem sincero que retrata nossa amizade. E quem for ao show neste fim de semana terá uma prévia”.

Alaíde Costa e Toninho Horta no Teatro Bradesco (rua da Bahia, 2244, Lourdes). Sexta (22) e sábado (23), às 21h. Entrada: R$ 60 e R$ 30 (meia)