Ana Furtado falou pela primeira vez diante de uma plateia sobre sua experiência com o câncer de mama, doença contra a qual ela revelou estar lutando em maio de 2018. Na ocasião, ela já tinha feito a cirurgia para retirada do tumor. Na quarta-feira, 4, a apresentadora da Globo mediou uma conversa sobre direitos das mulheres antes e depois do câncer de mama, durante o 6º Congresso Todos Juntos Contra o Câncer.

No início de sua apresentação, Ana disse que ao ler no resultado do exame que tinha um carcinoma ductal invasivo in situ procurou na internet para saber o que era. "Eu fiquei em choque, eu não sabia direito o que era, eu consultei o Google. O que é carcinoma? O que é isso que eu tenho que certamente não me pertence?", relatou no painel promovido pelo Instituto Avon.

Ela afirmou que, apesar do diagnóstico de uma doença, não se desesperou, mas acreditou na cura. A apresentadora chegou a se perguntar por que a doença a tinha afetado. "Até o dia em que eu entendi o 'por que eu' e me fiz outra pergunta: 'por que não eu?'. A partir daí, consegui entender vários propósitos novos para minha vida. Entendi que o câncer é uma ameaça, mas não é o fim, é o começo. O câncer não é o vilão, mas pode ser e é um grande professor. O câncer não é seu inimigo, mas pode ser seu principal agente transformador."

Com essa visão mais otimista e esperançosa, Ana Furtado disse que conseguiu traçar uma trajetória bem sucedida de cura durante as sessões de quimioterapia e radioterapia. "Atualmente, eu faço tratamento anti-hormonal e, se Deus quiser, em quatro anos estarei celebrando a minha remissão total do meu câncer de mama", disse.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ontem ao mesmo tempo em que acontecia o congresso do #TJCC, em São Paulo, no Rio, o Inca inaugurava a nova área de reabilitação pediátrica e revitalização da emergência pediátrica. Um projeto do qual fizemos parte com o bazar @todospeloinca, revertendo 100% da renda do bazar para o instituto. Uma coincidência de datas não me permitiu estar presente na solenidade ontem, mas não impediu meu coração de transbordar de amor ao assistir ao vídeo acima. Principalmente ao ver que, com afeto e amor ao próximo, podemos transformar a vida de muitas pessoas. Ver hoje esse projeto se concretizando é imensuravelmente gratificante. Não cabe em um post. Mas quero muito agradecer aqui a todos que fizeram parte do bazar, participando, doando, divulgando, deixando uma mensagem de carinho: muito obrigada. Nossa rede de afeto gerou frutos que transformarão vidas. A todos os profissionais que conheci ao longo desse projeto, obrigada por me ensinarem tanto. Por serem esses gigantes que vocês são. E às crianças, nossa razão, todo meu amor, carinho, abraços!! Vocês merecem um mundo inteiro de sonhos e realizações! ❤❤❤ Vida longa ao Inca, às nossas crianças! E que venha a edição 2019 do @todospeloinca!!

Uma publicação compartilhada por Ana Furtado (@aanafurtado) em

A apresentadora também contou, pela primeira vez, que perdeu toda a sobrancelha, quase todos os cílios e 40% do cabelo devido às sessões de quimioterapia. "Só não perdi a guia da minha sobrancelha porque, antes de fazer a quimio, eu fiz a minha micropigmentação", disse.

Para evitar a queda intensa dos fios, ela usou a crioterapia, técnica de resfriamento do couro cabeludo que reduz a quantidade de quimioterápicos que atingem os bulbos capilares e provocam a perda de cabelo. A criação desse procedimento, aliás, foi inspirado no resfriamento de cerveja.

Ana disse que continuar trabalhando durante o tratamento ajudou a manter o foco na vida e não apenas na doença. Outra pessoa que seguiu trabalhando durante o tratamento contra o câncer foi a jornalista e influenciadora digital Karina Hollo. Ela também contou sua experiência no painel.

"Desde 2013 sou PJ [pessoa jurídica], então se eu não trabalho eu não recebo. Tomei a decisão de contar para pouquíssimas pessoas, vou ficar bem e vou trabalhar. O trabalho me ajudava a colocar o pé no chão e olhar para frente quando eu ficava nervosa, me ajudou a me manter focada na cura", relatou Karina.

Leia mais:
Suzanna Freitas fala sobre estratégias para enfrentar a ansiedade
Oprah Winfrey anuncia que fará turnê do bem-estar nos EUA em 2020