O bloco Andacunfé fará o próprio début no Carnaval 2020 tendo Gilberto Gil como grande homenageado. Criado a partir da junção de músicos de Coco da Gente e do Pena de Pavão Krishna, a nova atração da folia belo-horizontina vem ensaiando há dois meses e terá hoje a primeira prova de fogo, com a apresentação de bateria e banda no Barracão Aruanda, no bairro Ipiranga.

Diferentemente dos blocos que incentivaram o seu nascimento, o Andacunfé preferiu apostar no repertório de um artista apenas para esquentar o Carnaval, seguindo os passos de outros tradicionais grupos, como Beiço do Wando, Volta Belchior, Chama o Síndico (Tim Maia e Jorge Ben Jor), Toca Raul (Raul Seixas) e Asa de Banana (Asa de Águia e Chiclete com Banana).

“Gil é o maior representante da música brasileira, fonte de inspiração para nós”, assinala Pedro Campolina, regente e percussionista do Andacunfé. O bloco nasceu de suas aulas de percussão popular no espaço A Casa Verde. “Os alunos tiveram um desenvolvimento legal e logo concebemos a ideia de um bloco. A escolha do tema Gilberto Gil foi unânime”, registra.

Campolina é um dos fundadores do bloco Coco da Gente, além de regente. Ao saber, por meio de Leopoldina Azevedo, vocalista do Pena de Pavão Krishna, que este também tinha interesse em formar um bloco dedicado a Gil, chamou o PPK para também apadrinhar o projeto. O pé na avenida já tem data: será em 8 de fevereiro, pela manhã, reunindo, em princípio, 40 integrantes.

Estreia

O batismo mesmo acontecerá hoje, durante a “Fé na Festa”, que terá apresentação dos três blocos, primeiramente com um ensaio unificado das baterias, a partir das 19h. 

Isso é possível porque Campolina será o regente delas durante o Carnaval. Depois será a vez das bandas subiram ao palco. No caso da Andacunfé, ela é formada por Leopoldina Azevedo, Laura Souza, Rodox, Leonardo Alves e Tiago Amador.

No repertório da caçula, 12 músicas compostas ou gravadas por Gilberto Gil, como “Andar com Fé”, “Aquele Abraço”, “Toda Menina Baiana”, “A Novidade”, “A Paz” e “Esotérico”, além de canções de Bob Marley que ganharam versão na voz do baiano (“Is This Love”). “Não são todas músicas de Carnaval, mas elas ganharão este ritmo”, adianta Campolina.

Banda do Andacunfé mistura músicos e vocalistas dos blocos Coco da Gente e Pena de Pavão Krishna

Serviço
“Fé na Festa” – Ensaio de bateria e apresentação de bandas dos blocos Coco da Gente, Pena de Pavão Krishna e Andacunfé. No Barracão de Aruanda ( sede do Grupo de Maracatú Estrela de Aruanda), à rua Dezoito de Julho, 160, no bairro Ipiranga. Ingressos: R$ 17, que podem ser adquiridos no endereço https://www.sympla.com.br/fe-na-festa__733444