Nanda Costa foi o assunto do fim de semana nas redes sociais. Capa da "Playboy" de agosto, a atriz decidiu não fazer a depilação íntima para fotografar e foi massacrada por uns, elogiada por outros... Mas a famosa não se calou. Em resposta às críticas, ela usou o bom humor.

"Jamais faria 'bigodinho de Hitler' na terra de Fidel! #semmais", escreveu a atriz na legenda de uma foto de Fidel Castro que postou no Instagram.

Em seguida, um pouco mais séria, voltou a comentar a polêmica dos pelos pubianos. "Foi divertido e assustador ler tantos comentários sobre a depilação que supostamente não fiz. Vi, revi e aprovei cada uma das fotos, nunca imaginei que o assunto desse ensaio, que considero no mínimo autêntico, fossem os pelos. Pelo que vejo a arte aqui continua sendo vista pelos detalhes, pelos pequenos e pelo todo, pelos grandes. Seguir 'padrões' significa negar a grandeza de ser diferente. Cada um é único, sejamos nós mesmos, pelo o mais, pelo menos", postou na rede social uma imagem com o texto.