Após a divulgação sobre o show do Foo Fighters no dia 28 de janeiro de 2015, no Mega Space, em Santa Luzia, muitos fãs da banda soltaram a língua e reclamaram do local escolhido para a apresentação - afinal, as complicações do Circuito Cultural Banco do Brasil no ano passado ainda não foram esquecidas pelo público. A grande maioria dos belo-horizontinos manifestou uma preferência pelo estádio do Mineirão, que recebeu shows de Paul McCartney e Elton John. 
 
A repercussão foi tão grande que a empresa responsável pela turnê brasileira da banda, a Time for Fun, divulgou uma nota, explicando que o Mineirão era a primeira opção da produtora, mas o estádio estará fechado manutenção do gramado em janeiro. Confira a nota:
 
"Em atenção ao público mineiro, que tem mostrado preocupação com a escolha do Mega Space para realização do show do Foo Fighters, a TIME FOR FUN gostaria de esclarecer que haviapreviamente agendado a data no Estádio do Mineirão. Mas, em função de obras no local, a reserva foi desmarcada.
 
Como a T4F possui uma relação muito próxima com Belo Horizonte, entendeu que era fundamental levar pela primeira vez à cidade esta grande produção do Foo Fighters e o Mega Space foi o local mais apropriado para atender as demandas dessa grande turnê. Por este motivo, decidiu confirmar o show na capital mineira em vez de produzi-lo em outra cidade.
 
Para melhorar a experiência do público, incluindo sua mobilidade até o local, agendamos a apresentação para o período de férias escolares, tradicionalmente de menor tráfego de veículos. Além disso, encorajamos desde já o uso do transporte público no dia do show para o deslocamento até o Mega Space. Estamos trabalhando para que linhas especiais de ônibus sejam disponibilizadas na data.
 
Novas informações serão divulgadas para que o público se programe com antecedência".
 
A Minas Arena explica que eses é um procedimento padrão que acontece com o campo durante o período de férias do futebol profissional. A administradora do Mineirão também reitera que não foi feita a “reserva da data”, como foi dito pela produtora. Mas sim que houve apenas um contato da produtora com a Minas Arena para verificar a disponibilidade da data no estádio.
 
As vendas dos ingressos começam na quarta-feira. As entradas custam de R$ 150 a R$ 600.