LOS ANGELES - Ben Affleck poderá até ser o Cavaleiro das Trevas, mas não sem antes enfrentar uma batalha. É que o exército de fãs de Christian Bale fez uma petição on-line - que já conta com várias assinaturas - pedindo que a Warner repense a decisão de dar ao diretor de "Argo" o papel de Batman.

A luta cibernética dos escudeiros de Bale também se espalhou pelo Twitter e Facebook, e os adversários são os simpatizantes de Affleck, cuja capacidade de viver o super-herói é questionada.

A carta à Warner, publicada na página de petições on-line Change.org, afirma que "a atuação de Affleck não está nem perto de torná-lo um Bruce Wayne verossímil e não fará justiça ao papel".

Até as 20 horas (horário de Brasília) de sexta-feira (23), a petição, criada por John Roden de Ludlow, do estado de Kentucky, somava quase 20 mil assinaturas, número que aumentava numa razão de mais de mil por hora.
    
Na batcaverna das redes sociais, a hashtag #BetterBatmanThanBenAffleck ("melhor Batman do que Affleck", em inglês) voou pelo Twitter desde que a Warner anunciou o nome de Affleck na noite de quinta-feira (22). A página do estúdio no Facebook foi bombardeada por mais de 10 mil comentários, entre ataques e defesas.

A Warner anunciou que Affleck, grande vencedor do Oscar de 2013 com o filme "Argo", interpretará o Batman num filme do Super-Homem, que reunirá os dois super-heróis, previsto para 2015.

Bale, que viveu o "Cavaleiro das Trevas" na trilogia "Batman", de Christopher Nolan, havia anunciado que desejava passar a "capa" para algum outro ator.