Felipe Neto é alvo de um processo do ministro da Educação, Abraham Weintraub, após o youtuber chamá-lo de "imbecil" nas redes sociais. A informação foi confirmada por Neto neste sábado (23), no Twitter.

"O homem que diz que 'os vagabundos do STF' têm que ser presos, me processou", ironizou Neto no Twitter, ao citar a gravação da reunião entre Jair Bolsonaro e ministros, divulgada na sexta-feira (22) a pedido do Supremo Tribunal Federal.

"Ora bolas, Abraham Weintraub, você, como Ministro da Educação, cansou de dizer que a esquerda 'é do mimimi' e 'aceita a crítica, floquinho de neve'... Mas aí entra com processo pedindo 5 mil reais e direito de resposta pq eu falei q vc não sabe escrever? Poxa, floquinho de neve...", acrescentou o influencer, em outro post.