Após ter prisão decretada, Latino fecha acordo de pensão para filha

Hoje em Dia
10/09/2015 às 18:55.
Atualizado em 17/11/2021 às 01:43
 (YouTube/Reprodução)

(YouTube/Reprodução)

A Justiça de São Paulo decretou nessa terça-feira (8) a prisão do cantor Latino pelo não pagamento de pensão alimentícia a sua filha Valentina, de 2 anos e 8 meses. Mas nesta quinta-feira (10) o cantor firmou um acordo com a mãe, a empresária Gláucia Roberta de Souza, para evitar ser preso.   O valor devido durante o último ano, de cerca de R$ 150 mil, será pago em duas vezes, conforme o acordo entre as duas partes. "A primeira parcela já foi depositada hoje e a outra será paga no próximo dia 18", disse Fernando Abrahão, advogado da empresária Gláucia Roberta de Souza, mãe da menina Valentina.   Segundo o advogado de Latino, Bruno Pinho Gomes, a pensão ainda não havia sido paga por dificuldades financeiras do cantor e, ainda, há outras pensões atrasadas. Ele afirma que a crise econômica diminuiu o número de shows.   Latino é pai de nove filhos. Ele reconheceu a paternidade de Valentina, meses antes do nascimento da menina, após a realização de um teste de DNA. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por