A onda de protestos que tomou as ruas de Belo Horizonte nesta tarde e de outras capitais do Brasil também ganhou o apoio de artistas. Nas redes sociais, vários postaram mensagens de solidariedade aos manifestantes. Entretanto, nenhum deixou claro se vai comparecer a alguma passeata.

A apresentadora Palmirinha deixou um recado em sua página do Facebook: "Sem violência tudo se resolve meus lindinhos". A atriz Thammy Miranda postou em seu Instagram a seguinte frase: "Vandalismo é o que fazem com seu pai na fila do médico".  A cantora Gaby Amarantos publicou fotos da Tropa de Choque partindo para cima de manifestantes que estavam sentados na rua.

A global Mayana Neiva também compartilhou no Instagram a foto da jornalista Giuliana Vallone, da Folha de S.Paulo, que foi ferida com uma bala de borracha no olho, com a pergunta: "Que país é esse?". A mineira Priscila Fantin usou o Twitter para prestar solidariedade aos manifestantes. "Não são vinte centavos. É o descaso", postou a atriz junto a uma foto em que tapava o olho em referência a jornalista da Folha.

 

Artistas usam redes sociais para apoiar protestos
Priscila Fantin demonstra indignação (Foto:Twitter/Reprodução)


Subcelebridades

No mundo das subcelebridades, também teve quem tentou tirar uma casquinha dos protestos. A ex-Casa dos Artistas, Núbia Óliiver, estava caminhando pelo Central Park, em Nova York, quando se deparou com uma manifestação de apoio aos brasileiros. Ela aproveitou para se deixar fotografar em poses sensuais.

 

Artistas usam redes sociais para apoiar protestos
Ex- Casa dos Artistas, Núbia Óliiver, posa de ativista (Foto:Divulgação)


Inês Brasil, eterna candidata a BBB, aproveitou para exibir o corpo sarado na rede. Ela também fez uma maquiagem que reproduz a agressão a jornalista da Folha. "Um protesto em prol das vítimas da truculenta violência da polícia militar", postou junto à foto.

 

Artistas usam redes sociais para apoiar protestos
A subcelebridade Inês Brasil (Foto: Facebook/Reprodução)

 

Com informações da Agência Estado