Quatro décadas marcaram a Banda Eva como uma referência da música baiana e com um repertório impossível de não escutar em qualquer show de axé ou trio elétrico no Brasil e no mundo. Músicas como “Vem meu Amor”, “Arerê” e “Me Abraça” integram a primeira parte do DVD “EVA 4.0”, lançada na semana passada em plataformas digitais, com 12 faixas da apresentação gravada em maio, em Belo Horizonte. A segunda chegará em dezembro, com sucessos como “De Ladinho”, “Beleza Rara”, “Alô Paixão”, “Levada Louca” e “Eva”, sucessos acompanhados por 7 mil vozes que foram ao Mirante Olhos d’Água e por artistas convidados, como Wesley Safadão, Léo Santana e Tomate.

BANDA EVA

Felipe Pezzoni é o 8º vocalista da Banda Eva, posto que ocupa desde 2013

Quem também fez uma participação especial na ocasião foi Ivete Sangalo, que esteve à frente da Banda Eva na década de 90. “Acho que é inédito uma banda com essa trajetória tão longa e que mudou de vocalista tantas vezes, se manteve e revelou tantos artistas para todo o Brasil”, enfatiza Felipe Pezzoni, oitavo vocalista desses 40 anos de história, em referência a cantores que já ocuparam o posto, como Saulo Fernandes, Jota Morbeck, Ricardo Chaves e Emanuelle Araújo, além de já ter contado com Daniela Mercury no backing vocal.

História

Atualmente acompanhado por Marcelinho Oliveira no teclado e no vocal, Peterson Figueredo na guitarra, Cuca e Hugo Alves na percussão, Max Fragoso no sax e Betinho no baixo, Felipe Pezzoni destaca como lida em escrever mais um capítulo da história de um grupo que já existia quando ele nasceu, 35 anos atrás. “Sempre foi a banda com que eu mais identifiquei, conheci desde muito cedo, inclusive quando eu tinha 13 anos e estava começando a tocar percussão, ganhei um CD da Banda Eva de amigo secreto, mas não tinha som. Quando meu pai comprou um, passei dias ouvindo só esse álbum e tirei todos os sons na percussão”, lembra o cantor, que integra a equipe desde 2013.

“É muito especial e me sinto honrado de poder fazer parte de data tão importante e dar continuidade a esse legado, de um grupo que há 40 anos encanta e faz parte da vida das pessoas. Sinto-me muito honrado em poder dar continuidade a tudo isso”.

Confira o Vol. 1 do álbum gravado