As comédias continuarão a dominar o fim de semana nas estreias da programação da 40ª edição da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. A programação segue até o dia 2 de março.

Para os adultos, estreiam hoje “15 Minutos de Fama com Dólar na Calcinha” (Espaço Pitágoras, às 20h), “Amor de Salto Alto” (Teatro Sesi Holcim, às 19h), “Até Que a Morte os Separe” (Teatro A.M.I, às 21h) e o clássico de Osman Lins “Lisbela e o Prisioneiro” (Cine Theatro Brasil Vallourec, às 21h).

A divertida “Lisbela e o Prisioneiro” tem direção de Ricardo Batista e é ambientada no sertão nordestino, de 1940. Ali, a sonhadora Lisbela, filha do Tenente Guedes, está de casamento marcado, mas apaixona-se pelo conquistador Leléu, um bandoleiro artista de circo.

O envolvente texto é o mesmo que também virou filme em 2003. Na época, o longa foi dirigido por Guel Arraes e estrelado pelo par romântico formado pelos atores Selton Mello e Débora Falabella. Na montagem mineira, a atriz Fernanda Botelho e o ator Guilherme Oliveira formam o casal central.

Amores cômicos

Ainda no quesito riso, chega, neste fim de semana, a peça “15 Minutos de Fama com Dólar na Calcinha”.

A peça faz uma crítica à corrupção na política brasileira, tendo como personagem principal a ambiciosa Lulu Cacharrel.

Lulu é a amante de um senador, que usa o dinheiro público para manter a vida luxuosa do casal. Alguém já conhece esta história por aí?

As comédias de relacionamentos continuam com “Amor de Salto Alto” e “Até Que a Morte os Separe”. 

Nesta última, os atores exaltam a tediante e, às vezes, necessária “DR”: a discussão de relação, desde o início do namoro, até “la muerte”. É claro! Só com muito humor mesmo para encarar essa maratona.

Mais um clássico

Para os pequenos e futuros fãs de teatro, estreia outro clássico, mas de Maria Clara Machado: “A menina e o Vento”. A peça entra em cartaz amanhã, no Teatro Nossa Senhora das Dores, às 16h. Outras informações no site Sinparc.