No próximo sábado, das 9h às 13h, um Fusca 74 vai percorrer ruas da região do Barreiro, e, por meio de um autofalante instalado nele, ecoarão frases como “dona de casa, olha o ovo barato e na sua porta”. Essa é apenas a premissa de uma intervenção urbana, criada pela atriz, ativista e educadora Janaína Tábula, que visa compartilhar com moradores de quatro regionais de BH histórias narradas por mulheres das mais distintas gerações e realidades sociais.

Intitulado “CarrOvO”, inspirado nos carros que vendem ovos em bairros e periferias da capital, o projeto também passará pela região Leste da cidade, no dia 20 de fevereiro, Noroeste, em 27 do mesmo mês, e Venda Nova, em 6 de março. Em todas as datas, o horário será o mesmo.

Mulheres

Em janeiro, Janaína abriu espaço para mulheres que se interessassem em compartilhar histórias de suas vidas para a intervenção urbana. O projeto, aliás, foi aprovado via Edital da Lei Aldir Blanc do Ministério do Turismo e do Governo de Estado de Minas de Gerais

Além de percorrer ruas das quatro regionais, o Fusca 74 fará algumas paradas pontuais para mais uma ação. Nestes momentos, a artista vai puxar um banquinho e fixar uma placa com os dizeres ‘Coleto memórias”, para que mulheres desses respectivos locais também possam participar com seus depoimentos.

“Vamos coletar novas memórias, realizando, assim, um ‘intercruzamento de memórias’ nos territórios, um cruzamento e um alinhavo de ecos que, em seus encontros, confrontos e atravessamentos, possam romper o silêncio das ruas e casas, provocando outras possibilidades de pensar o mundo”, destaca a atriz.

Acervo

Os áudios das mulheres participantes da intervenção serão disponibilizados em soundcloud.com/janaina-tabula.

Além disso, a quem não puder acompanhar presencialmente, haverá transmissão pelo perfil do Instagram (carrovo.itinerante), com lives de trechos do percurso e outras imagens.

Janaína Tábula