Se o clássico "Ulisses", de James Joyce tem o seu "Bloomsday", outras obras literárias de peso começam a criar uma data para chamar de sua. Nesta quarta-feira, Belo Horizonte terá um pedaço de País das Maravilhas no Sesc Palladium. É o "Carrollsday", um projeto cultural que envolve letras e outras artes como as visuais, o teatro, a música e a gastronomia. A ideia partiu da artista plática carioca radicada na capital mineira Beatriz Mom. Ela queria celebrar os 150 anos do livro mais famoso de Lewis Carroll ("Alice no País das Maravilhas", claro).

 
Na terceira edição, o "Carrollsday" é uma celebração da cultura nonsense e toda programação, que vai das 9h às 21h desta quarta-feira (4) é gratuita. Empolgada com a data, a chef e artista plástica Agnes Farkasvölgyi fará as vezes de "chapeleira maluca" num inusitado chá das cinco. "Vou apresentar chás de maneiras com as quais as pessoas não estão acostumadas. Serão alguns salgados, outros sólidos. Vou brincar com as possibilidades e fazer com que as pessoas se sintam dentro do cenário. Haverá biscoitos e bolinhos com as tradicionais plaquinhas 'coma-me'", revela.
 
Outras opções para entrar no universo mágico são o lançamento do livro o lançamento do livro “Alice no subterrâneo”. de Adriana Peliano, pesquisadora e fundadora da Sociedade Lewis Carroll do Brasil, a performance musical “Menina Sonho”, com a participação de Paulo Beto e Dayane Lacerda e as exposições de Beatriz Mom, que apresenta um tabuleiro de xadrez nonsense, construído em escala humana e do fotógrafo Alexandre Guzanshe que mostra um ensaio que pretende unir o universo de Lewis Carroll ao do escritor mineiro Guimarães Rosa. 
 

Carrollsday 2012
Data: 04/07/2012 - quarta-feira
Horário: de 9h às 21h.
Local: Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro e Av. Augusto de Lima, 420, Centro)
Entrada franca
Outras informações: http://carrollsday.wordpress.com