Charlie Hunnam, o ator escolhido para protagonizar o executivo sadomasoquista Christian Grey na versão cinematográfica da série de livros eróticos "Cinquenta Tons de Cinza", não está nem um pouco preocupado com as cenas de sexo que irá fazer ao lado de Dakota Johnson.

"Sabe, eu tive um batismo de fogo no início da minha carreira no que se refere a sexualidade em frente às câmeras. Atuei na versão britânica da série 'Queer As Folk', em que interpretei um personagem jovem e gay. E havia algumas cenas de sexo bem explícitas e inacreditáveis. Agora, estou 16 anos mais velho e maduro, então não acho que haverá algum tipo de problema. É como qualquer outro trabalho e um desafio empolgante", contou em entrevista à AP.

Sobre Dakota, a Anastasia Steele da saga, ele pareceu bem animado e disse acreditar que vai dar tudo certo. "Quando entramos na sala e começamos a ler com Dakota, eu sabia que queria fazer aquilo. Tivemos uma química muito forte. Foi animador, divertido e estranho e atraente".