O ator Charlie Sheen, mais conhecido pela série ‘Two and a Half Men‘, está sendo acusado de ter estuprado o jovem ator Corey Haim. As acusações foram feitas por Corey Feldman, ator e melhor amigo de Haim, em seu novo documentário ‘(My) Truth: The Rape of Two Coreys‘, cuja estreia aconteceu nesta segunda-feira (9), em Los Angeles.

Feldman em Haim foram dois atores mirins de extrema popularidade nos anos 80 e chegaram a trabalhar juntos em algumas produções prestigiadas, como ‘Os Garotos Perdidos‘. Feldman ainda estrelou o clássico de Steven Spielberg, ‘Os Goonies‘.

No documentário, Feldman alega que o amigo Haim, que morreu em 2010, revelou tudo o que teria acontecido na época. "Ele me disse: 'Charlie me curvou entre dois carros, passou óleo nas minhas nádegas e me estuprou em plena luz do dia'. Qualquer pessoa poderia ter passado, qualquer um poderia ter visto" conta. 

A ex-mulher de Corey Feldman também deu seu depoimento sobre o caso, afirmando que Corey Haim também teria compartilhado a mesma revelação. "Ele me contou que foi estuprado no set de filmagens do filme quando ele ainda era um garoto", disse. "Ele me contou que Charlie Sheen foi o responsável", completou.

O documentário vai ainda mais além, trazendo outras fontes que revelam também terem sido informadas a respeito do estupro. Na época, Haim tinha 13 anos e filmava "A Inocência do Primeiro Amor", enquanto Charlie Sheen estava com 19 anos.
 



Com Maiara Brito, sob supervisão de Mateus Rabelo.