Chico Lobo homenageia sertão em novo disco

Lançamento será, nesta quinta-feira (15), no Palácio das Artes

Thais Oliveira
taoliveira@hojeemdia.com.br
14/09/2016 às 06:00.
Atualizado em 15/11/2021 às 20:48
 (Divulgação)

(Divulgação)

"Viola de Mutirão – Do Sertão ao Mundo” fala de um Brasil “profundo”, do interior, mas, ao mesmo tempo, aponta para a contemporaneidade. Assim Chico Lobo define seu novo álbum – o 16º em cerca de 35 anos de carreira do violeiro. O resultado, ele garante, é o mais maduro feito até então e poderá ser conferido nesta quinta-feira (15), no Grande Teatro do Palácio das Artes.

A apresentação contará com os convidados Renato Teixeira, o grupo Quinteto Violado e o violeiro mineiro João Araújo. Os artistas também aparecem no CD, juntamente com Paulinho Pedra Azul e Maria Bethânia. A diva da MPB gravou “Maria”, especialmente composta por Chico para ela. Essa foi a primeira vez que os dois gravaram uma canção juntos. 

A parceria aconteceu depois que Bethânia escolheu, no ano passado, uma música de Chico, chamada “Criação”, para o show “Abraçar e Agradecer”, que celebrou seus 50 anos de carreira. “Neste ano, entrei em contato com ela e mandei outra canção, um batuque animado. Mas ela me disse que queria gravar comigo uma moda de viola, que é o que faço de mais genuíno. Mandei ‘Maria’ e ela adorou”.

O álbum é composto por 11 músicas autorais e releituras de dois clássicos: “Asa Branca” e “Disparada”. “São referências do início da minha trajetória, que achei que se encaixava no álbum”. Tais referências vão ao encontro das chamadas festas de mutirão, tradicionais no interior do país. “O mutirão acontece quando a comunidade se junta para celebrar ou para resolver alguma coisa junta. O mutirão fala sobre sentimentos que acredito, como amizade, fé, amor e ‘cumpadricidade’”, explica o violeiro.

Serviço: Lançamento do CD “Viola de Mutirão – do Sertão ao Mundo”, de Chico Lobo, nesta quinta-feira (15), no Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1537). Plateia 1: R$ 70 e R$ 35 (meia). Plateia 2: R$ 60 e R$ 30 (meia). Superior: R$ 40 e R$ 20 (meia).

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por