Em tempos de redução necessária ao ir e vir, o que mais nos movimentou foram as palavras. Manifestas nos encontros, nos textos, nos discursos, nos desejos, nas modificações indispensáveis ao presente, elas atravessaram nossos corpos, nos conduziram ao conhecimento e se tornaram presentes – na ambiguidade do que é estar e ser presente.

Nesse sentido, a edição 2021 do webinário “Conversas sobre perguntas” convida os participantes a seguirem e não se interromperem. O evento foi criado ano passado e é promovido e financiado, em curadoria colaborativa, pelos equipamentos culturais Casa Fiat de Cultura, Memorial Minas Gerais Vale e MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, integrantes do Circuito Liberdade.

Os encontros online serão mediados pela jornalista Daniella Zupo, entre terça (21) e quinta (23), sempre às 19h. Todos os encontros são gratuitos,  contam com  tradução em Libras e transmissão ao vivo nos canais do YouTube dos equipamentos culturais que realizam o evento. O webinário integra a programação da 15ª Primavera dos Museus.

Encontros

Ao longo dos últimos meses, fomos falas incessantes na busca de compreensão de nosso tempo. Usamos a língua e a linguagem – oralizada, corporal e escrita – para seguirmos ouvintes do mundo e leitores da vida. Enquanto a primeira edição do “Conversas sobre Perguntas” abordou questões filosóficas, existenciais e científicas que afligiam o mundo com projeções para o futuro, em 2021, a iniciativa propõe a interpretação de um presente contínuo, tendo a “palavra” como fio-condutor.

Serão realizados três encontros: palavra-corpo, no YouTube da Casa Fiat de Cultura, com a bailarina Ana Botafogo; palavra-conhecimento, com transmissão no canal do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, com a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz; e palavra-presente, com o poeta e compositor Antonio Cicero, no canal do Memorial Minas Gerais Vale, no YouTube.

Ana Vilela, gestora cultural da Casa Fiat de Cultura, destaca o formato inovador do projeto. “A construção desse novo espaço para conversas integra, de forma colaborativa e criativa, times de três diferentes instituições culturais que buscam formatos de produção conjunta para agregar diferentes visões. Essa segunda edição demonstra o sucesso desse modelo e vai trazer ao público as diversas dimensões da palavra e os questionamentos que conduziram nosso pensamento ao longo dos últimos meses”, analisa.

Para Márcia Guimarães, gestora do MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, o encontro Conversas sobre Perguntas vai se consolidando como oportunidade de conexão com os demais equipamentos que compõem o Circuito Liberdade e mais ainda, a possibilidade de reflexão conjunta. “Ao longo dos diálogos para a construção de uma linha curatorial temos a oportunidade de formular perguntas que também dizem sobre a gestão dos espaços. O que, inicialmente, parece estar em cada estrutura, no íntimo de suas vocações, no dia a dia de suas realizações, se apresenta, na essência, como parte do que podemos e queremos realizar: conversas e perguntas conjuntas”, ressalta.

Segundo Wagner Tameirão, gestor do Memorial Minas Gerais Vale, o webinário é a continuidade de uma ação de reflexão do momento atual. “Em um mundo contemporâneo sem respostas, refletir, lançar perguntas e convidar o público a pensar é um processo rico e necessário. É gratificante realizar uma ação coletiva com parceiros como a Casa Fiat e o Museu das Minas e do Metal, com o objetivo de potencializar resultados e criar coletivamente. Fazer junto é também um processo de perguntar e provocar o pensar que, neste ano, tem a ‘palavra’ como fio condutor”.