Dias antes que o Tribunal de Contas da União proibisse que recursos incentivados pela Lei Rouanet fossem destinados a projetos com "potencial lucrativo", a cantora Claudia Leitte foi autorizada a captar R$ 356 mil para publicar sua biografia. A notícia foi publicada no site de "O Globo".

Embora não tenha entrado em vigor ainda, a decisão do TCU - aprovada em 3 /2 - visa fechar o cerco contra projetos que podem se bancar, mas usam recursos públicos. Leitte, uma das cantoras de axé mais famosas do país, está pedindo recursos públicos para lançar 2.000 exemplares de um livro com uma "entrevista exclusiva", além de fotografias, letras e partituras. Procuradas, ela e sua empresa não se manifestaram até o momento.