“Foi um momento de ver que tudo o que construímos foi maior que o que destruímos”, diz Nasi, para frisar em seguida: “Brigar, todo mundo é capaz de. Mas poucos são capazes de voltar atrás, rever posições”. O cantor, claro, se refere ao turbulento (e recente) período em que o grupo Ira! foi, digamos assim, desativado, após seus dois principais pilares – Nasi e Edgard Scandurra – terem se estranhado. Somado a isso, houve também o litígio – em 2007 – de Nasi com o irmão, Airton Valadão, empresário do Ira!. E, em decorrência, o pai de Nasi e Airton acabou envolvido.

Fios devidamente reencapados, o Ira! voltou à cena na Virada Cultural de São Paulo, em maio último – e o público entrou em delírio. “Sem falsa modéstia, foi incrível, acima das expectativas”, relembra Nasi, que agora desembarca (com Scandurra, claro) em Belo Horizonte, para apresentação neste sábado (2), no Espaço Even. “Havia um movimento ‘volta Ira!’, o que contaminou a gente profundamente”, diz ele, ao ser instado a falar sobre como o retorno foi sendo delineado.

“Duas coisas eram necessárias (para que o reencontro ocorresse): uma, que eu e o Edgard quiséssemos estabelecer a parceria novamente, outra, ter uma demanda do público. Só uma, não aconteceria. Se a gente se reaproximasse, mas não sentisse a existência de uma demanda, continuaria amigos, cada um com sua carreira”.

Mas o que os dois viram foi justamente o contrário. “Esses shows já fazem parte dos momentos de maior sucesso da banda. A gente vê a energia, supera nossos momentos de auge. Nossa fã page vem crescendo em dezenas de milhares de participações por semana, nossa agenda está lotada como nunca. Nem no ‘Acústico MTV’ a gente teve uma demanda assim”, vibra Nasi, acrescentando que o feedback também vem de público muito jovem. “Pessoas de 19 a 25 anos, que através da internet, conheceram a história do Ira!. Incrível, porque são poucas as rádios que hoje tocam a nossa música, só algumas mais afinadas com o rock. Acho que o que faz com que os ingressos para os shows se esgotem em poucas horas seja a rede, não só as sociais, mas o YouTube, que torna possível conhecer nossa história, não só a musical, mas também a de polêmicas. Uma história rica de lutas e idiossincrasias”.

Ira! – Espaço Even (rua Vereador Antônio Zandona, 245). Neste sábado(2), às 21h. Ingressos: Nenety Eventos, no Shopping 5ª Avenida, ou site bhingressos.com.br.
 
Repertório recheado de hits
 
Junto a Nasi e Scandurra, estarão, no palco, Daniel Rocha (baixo), Evaristo Pádua (bateria) e Johnny Boy (teclados). No repertório, sucessos como “Flores em Você”, “Dias de Luta”, “Núcleo Base”, “Tolices”, “Envelheço na Cidade”, “Eu Quero Sempre Mais”, “Tarde Vazia” e “O Girassol”, além de canções inéditas, como “ABCD”. O show de abertura será feito pela banda Bruno Coimbra & Os Perpendiculares. Detalhe: o Espaço Even fica a 2Km do Expominas.