A Paramount Pictures divulgou o primeiro trailer de Top Gun: Maverick na San Diego Comic-Con, nos Estados Unidos, deste ano. O filme tem previsão de estreia para 2020.

Apesar de a sequência do clássico de 1986 ter animado os fãs, alguns questionaram as mudanças na jaqueta do protagonista Maverick, interpretado por Tom Cruise.

Na primeira versão do filme, o traje aparece com as bandeiras do Japão e de Taiwan. No entanto, o patrocínio chinês que a obra recebeu pode ter levado os produtores a trocarem os símbolos por logos não identificados.

O público especula que isso tenha ocorrido devido aos conflitos diplomáticos e econômicos que o governo da China enfrenta com o Japão desde a 2º Guerra Mundial, e Taiwan, cujo governo chinês deseja reunificar em meio às tensões com a atual administração taiwandesa, que gere a ilha desde 2016.

Assim, os fãs analisam que possíveis menções aos dois países poderiam significar menos investimentos em Top Gun: Maverick, que é coproduzido pela produtora e distribuidora de filmes chinesa Tencent Productions.

Por outro lado, alguns internautas acreditam que a mudança não tem nada a ver com os entraves entre as nações, mas com as conquistas de Maverick e de seu pai. No primeiro filme, o herói aparece com a geolocalização "Far East Cruise 63-4" bordada acima das bandeiras, enquanto que no segundo está costurada a "Indian Ocean Cruise 85-86". Assim, eles acreditam que o protagonista usou a jaqueta do pai na versão original do filme, homenageando as conquistas dele pelo mundo, e a sua própria em Top Gun 2.