Compositor e pianista Wagner Tiso se apresenta amanhã em Ouro Preto

Paulo Henrique Silva
phenrique@hojeemdia.com.br
12/11/2021 às 14:42.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:14
 (ÉLCIO PARAÍSO/DIVULGAÇÃO)

(ÉLCIO PARAÍSO/DIVULGAÇÃO)

Igrejas, monumentos históricos, praças públicas, museus e centros culturais de Mariana e Ouro Preto recebem, até domingo, recitais do projeto “Música nas Cidades Históricas”. Um dos destaques é a participação do pianista e compositor mineiro Wagner Tiso, que ajudou a criar o Clube da Esquina.

Em uma de suas primeiras apresentações após a pandemia, o artista nascido em Três Pontas fará um duo com um velho parceiro: Victor Biglione, guitarrista argentino naturalizado brasileiro. Eles são a atração deste sábado (12), às 20h, na Casa da Ópera, em Ouro Preto.

“É um prazer e uma honra tocar no mais antigo teatro em funcionamento no país”, afirma Tiso. É a primeira vez que se apresentará no espaço, hoje com 251 anos, embora, lembra ele, tenha sido um dos convidados presentes à solenidade de reinauguração, ocorrida em 2007. 

“A acústica será boa para um duo de piano e violão. Creio que será muito bonito”, afirma Tiso, apostando também no entrosamento com Biglione, com quem trabalha desde a turnê de “Coração de Estudante”, título de álbum lançado em 1985 e da música cantada por Milton Nascimento.

A dupla, por sinal, lançou neste ano “The Finland Concert”, disco gravado de um show na Finlândia, com releituras de clássicos brasileiros assinados por Cartola, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Ataulfo Alves, Jacob do Bandolim e Chico Buarque.

“Será o mesmo repertório praticamente, incluindo músicas minhas, como ‘Pavana’ e ‘Coração de Estudante’”, adianta. Os dois músicos estavam há mais de um ano sem se encontrar devido à pandemia, e aproveitaram o último final de semana para “relembrar”.

Wagner Tiso está aliviado com o retorno dos espetáculos presenciais, após participar de várias lives. “Gosto de ver a cara das pessoas, o entusiasmo da plateia que gera os aplausos ao fim de cada música. Passamos a tocar melhor com esse carinho”, assinala.

Atrações
A programação do “Música nas Cidades Históricas” conta ainda com Turíbio Santos, Marcel Powell e Armandinho, Orquestra Barroca de Minas, Josinéia Godinho, Serginho Silva e Duo Santoro. Todas as apresentações acontecerão de forma gratuita. Haverá também transmissão online dos shows.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por