O fim de semana está recheado de lançamentos de livros que não estão relacionados à Bienal do Livro de Minas. Confira a programação:

Guilherme Cunha e Joana Tavares
O livro “Memórias da Vila – História dos Moradores da  Comunidade da Serra”, projeto contemplado pelo 13º Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia e patrocinado pela Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, e que reúne fotografias de Guilherme Cunha e textos da jornalista Joana Tavares, será lançado neste sábado (16).
Na parte da manhã, às 10h, na Praça do Posto de Saúde do Cafezal, será realizada a distribuição gratuita de exemplares para moradores do Aglomerado e participantes do projeto. Depois, às 15h, os autores convidam o público para evento de lançamento que será realizado no Museu Mineiro (Av. João Pinheiro, 342, Centro). O trabalho é resultado de um projeto de resgate da memória oral e visual das comunidades que integram o maior aglomerado da capital mineira, localizado na região centro-sul da cidade e lar de quase 50 mil pessoas.

Toninho Horta e Petrônio Gonçalves
A trajetória musical de um dos mais brilhantes músicos do Brasil é contada no livro “Toninho Horta - harmonia compartilhada”, escrito por Maria Tereza Arruda Campos.A obra será lançada sábado, às 21h, no povoado de Suzana (estrada para Casa Branca). Na mesma ocasião, o jornalista Petrônio Souza Gonçalves lança o seu terceiro livro, o segundo de poemas, “Um Facho de Sol como Cachecol”.

Miller Britto
Em “Rede Neural” (Letramento), de Miller Britto, o futuro é sombrio e a tecnologia é responsável por mantes os seres humanos vivos. O lançamento acontece na Leitura do BH Shopping, sexta-feira (15), às 20h.

Murilo Marcondes de Moura
“O Mundo Sitiado – A Poesia Brasileira e a Segunda Guerra Mundial” (Editora 34) é o livro que o pesquisador Murilo Marcondes de Moura lança neste sábado (16), às 11h30, na Livraria Scriptum (rua Fernandes Tourinho, 99, Savassi). Na obra, o autor examina as marcas do grande conflito na poesia de Carlos Drummond de Andrade, Oswaldo de Andrade, Cecília Meireles e Murilo Mendes

Flávio de Lemos Carsalade
“Estação em Movimento: A História da Praça da Estação” (Instituto João Ayres), do arquiteto e professor da UFMG, Flávio de Lemos Carsalade, terá lançamento sábado (16), das 10h às 12h30, no Centro Cultural UFMG (av. Santos Dumont, 174, Centro). Fotos, ilustrações e documentos compõem a obra, que apresenta a Casa do Conde de Santa Marinha, 104 Tecidos, as Estátuas da Praça, a Escola de Engenharia UFMG, a Estação Central, o Sul América Hotel, o Monumento à Civilização Mineira, o Edifício Chagas Dória, o Edifício Sede da RFFSA, o Hotel Itatiaia, a Serraria Souza Pinto, o Edifício Central, Peixes Urbanos e os Viadutos de Santa Tereza e da Floresta.

Ana Martins Marques e Marcos Siscar
No livro poético “Duas Janelas” (Luna Parque), algumas figuras são coletadas: uma romã no chão, um barco emborcado, um desastre iminente. O percurso é traçado a quatro mãos, como um pisca-pisca, uma janela de cada lado: caminho que acende, apaga, liga e desliga as imagens, as palavras e expressões.  Ana Martins Marques e Marcos Siscar autografam a obra na Quixote Livraria (rua Fernandes Tourinho, 274), sexta-feira (18), a partir das 18h.