Há oito semanas em cartaz nos cinemas, o sétimo episódio da saga mais popular da sétima arte, “Star Wars – O Despertar da Força”, está muito perto de superar os US$ 2 bilhões de bilheteria no mundo. Toda essa popularidade pode ser explicada pelo enorme número de fãs que a criação de George Lucas angariou desde a estreia do primeiro filme, em 1977.
 
Uma das provas físicas desse fanatismo é o lançamento do Almanaque Jedi, trabalho de compilação feito pelo Conselho Jedi do Rio de Janeiro, grupo de fãs da saga que existe há 18 anos. A obra, que chega às livrarias pela editora LeYa, foi coordenada pelos autores Brian Moura e Henrique Granado. Esta é a primeira iniciativa do gênero que aborda tão minuciosamente a série de ficção.
 
O Almanaque Jedi traz histórias de bastidores, referências culturais, fotos, ilustrações, as maiores loucuras feitas por fãs, e tudo isso para quem já conhece ou não o “universo”. Algumas das curiosidades trazidas no livro foram transcritas abaixo para você. Boa leitura, paddawan!