Game of Thrones terminou faz um bom tempo, mas o criador da série ainda está chateado com a repercussão negativa dos fãs. George R. R. Martin participou da edição do podcast Maltin on Movie, do crítico de cinema Leonard Maltin, e falou mais sobre o trabalho a frente de GoT.

"A internet é tóxica de uma maneira que a cultura dos fanzines e dos fandoms, os fãs daquele tempo, não era. Havia desentendimentos, conflitos, mas nada como a loucura que você vê na internet", declarou o escritor, segundo informações do Deadline. Fanzines e fandoms são fãs de quadrinhos e ficção científica.

A frustração dos fãs de Game of Thrones foi amplamente expressada nas redes sociais ao longo dos últimos episódios da saga. A insatisfação foi tamanha que um grupo chegou a criar uma petição exigindo que a HBO refizesse a temporada final. Mais de um milhão e meio de pessoas participam do abaixo assinado.

O canal já sinalizou que pretende dar sequência a história da série, mas Martin duvida que algo será tão popular. "A escala do sucesso de Game of Thrones - alcançou todo o mundo e invadiu a cultura de tal forma - não é algo que alguém possa antecipar, nem algo que eu espero que experimente de novo", concluiu o autor, que considera o sucesso de GoT como "um pouco surreal".